Polí­tica

Foto: Divulgação

Em entrevista ao Conexão Tocantins na manhã desta terça-feira, 12, a deputada Solange Duailibe (PT) reafirmou sua saída do Partido dos Trabalhadores para compor com a nova sigla denominada Partido Social Democrático (PSD). A deputada afirmou que já na próxima quarta-feira irá para Brasília para participar da criação da ata que funda o PSD. “Vou participar da ata para ser um dos membros fundadores”, disse.

O PSD, que terá como uma das principais lideranças no Tocantins a senadora Kátia Abreu, pode ser mais uma força de apoio siqueirista no Estado. Contudo, mesmo que o novo partido venha a compor com o governo do Estado, Solange destacou que pretende manter sua postura dentro do plenário da Assembleia Legislativa. “Estou aqui há oito anos e vou manter minha posição. Isso foi uma questão muito discutida com a senadora”, completou.

Sobre a corrida eleitoral para a Prefeitura de Palmas no ano que vem, a deputada destacou que seu novo partido terá força suficiente para lançar um candidato com condições de suceder o prefeito Raul Filho (PT). “Em breve estaremos anunciando um grupo muito grande e muito forte. São, muitas pessoas que querem ajudar. Eu tenho certeza de que o PSD irá fazer o sucessor do prefeito Raul Filho”, garantiu.

Sem querer antecipar possíveis nomes que poderão concorrer ao Paço Municipal da capital no ano que vem, Solange frisou apenas que o PSD possuirá diversos nomes em condições. “Quem estiver bem, quem estiver com o apelo popular vai ser o nosso candidato”, concluiu.

Aproximação do prefeito com o governo

Sobre uma possível aproximação do governador do Estado com o prefeito de Palmas, a deputada destacou que esta tem sido uma postura constante do governador. “Mas isso não é de agora. O governador, desde a campanha, garantiu que irá auxiliar os municípios e com Palmas não é diferente. Não quer dizer que ele esteja ajudando especificamente o prefeito Raul, ele ajudaria o prefeito independente do partido que fosse”, completou.