Campo

Foto: Rodolfo Ward

Professores universitários e acadêmicos terão participação efetiva na realização da 11ª Agrotins. Durante a feira, que acontece entre os dias 10 e 14 de maio, no Centro Agrotecnológico de Palmas, serão proferidas palestras, clínicas tecnológicas, dias de campo e outras atividades, por pesquisadores das principais faculdades do Estado.

A Unitins – Fundação Universidade do Tocantins já tem programação fechada para três dias da feira. Professores da Instituição oferecerão sete palestras (para técnicos e para o público em geral) e duas clínicas tecnológicas. A Unitins ainda desenvolverá nove dias de campo, montará stands para minilaboratórios de amostra de pesquisas, degustação, exposição de botânicas, incubadoras e informações climáticas.

Os professores da UFT - Universidade Federal do Tocantins - também apresentarão palestras na Agrotins. Com o apoio dos acadêmicos, a UFT desenvolverá ainda clínicas tecnológicas durante a feira agropecuária. A parceria entre a única universidade federal do Estado e a Agrotins tem gerado inúmeros benefícios aos produtores rurais.

“A Agrotins propicia o encontro entre o produtor, que tem demandas na área de tecnologias e o pesquisador [estudantes e professores]”, destaca o coordenador de Desenvolvimento Tecnológico da Secretaria da Agricultura, da Pecuária e do Desenvolvimento Agrário, Fernando Garcia, lembrando que o estudante universitário é um público-alvo da Agrotins.

As faculdades particulares também fecharam parcerias com a organização da Agrotins, para participação, através de palestras e minicursos. A Ulbra – Universidade Luterana do Brasil - montará um stand durante a feira. Além disso, a universidade desenvolve trabalhos na área da construção no Centro Agrotecnológico, onde acontece a Agrotins.

A Faculdade Católica do Tocantins, que possui os cursos de Agronomia, Gestão em Desenvolvimento Ambiental e Zootecnia, participará da Agrotins ministrando palestras e clínicas técnicas, com participação de professores e alunos.

Fonte: Ascom Seagro