Campo

Foto: Joatan Silva

O secretário estadual da Agricultura, da Pecuária e do Desenvolvimento Agrário do Tocantins, Jaime Café, apresentou um projeto para potencializar a produção agrícola e pecuária do Tocantins durante a primeira reunião extraordinária do COPPE - Conselho de Coordenação de Programas e Projetos Estratégicos, que aconteceu na noite desta sexta-feira, 13 de maio, na sala de reuniões da Agrotins. “Não precisa aumentar as áreas de cultivo para aumentar a produção do nosso Estado. Precisamos potencializar nossa produção, através de investimentos em infraestrutura e em pesquisa”, afirmou o secretário na reunião com outros secretários do governo.

Na sua proposta, o secretário da Agricultura defendeu a definição de 13 áreas de produção no Tocantins – cada uma com destaque para o cultivo de determinadas culturas. Segundo ele, será necessário criar polos de pesquisa e capacitação em cada uma dessas áreas em parceria com instituições como a Embrapa – Empresa Brasileira de Pesquisa, a Universidade Federal do Tocantins (UFT), a Unitins – Fundação Universidade do Tocantins, dentre outras.

Presente na reunião, o secretaria das Oportunidades, Omar Henneman, também defendeu os investimentos no agronegócio. “O desenvolvimento do nosso Estado depende do agronegócio, porque é a nossa vocação”, avaliou o secretário.

O secretário da Infraestrutura, Alexandre Ubaldo, também apresentou um estudo sobre as condições das estradas no Tocantins. Segundo ele, a situação está “preocupante” em todo o Estado e, por isso, até junho (início do período de seca no Tocantins) será apresentado um programa de restauração de estradas. Na ocasião, o secretário Jaime Café falou sobre a necessidade de restauração e pavimentação das estradas, por onde é escoada a produção tocantinense.

Na primeira reunião extraordinária, o COPPE discutiu as ações de apoio ao setor agropecuário, à situação das estradas e aprovou o Regimento Interno. A reunião foi presidida pelo secretário-executivo do conselho, Lívio Carvalho, secretário das Relações Institucionais. Também participaram do encontro o secretário de Estado do Desenvolvimento Sustentável e Recursos Hídricos, Divaldo Rezende; o secretário de Estado da Indústria, do Comércio e do Turismo, Ernani Soares Siqueira, e a presidente da Fundação de Amparo a Pesquisa no Tocantins, Andréia Stival.

Fonte: Ascom Seagro