Economia

Empréstimos valem a pena? As taxas de juros são altas? Será que as micro e pequenas empresas podem fazer financiamentos? Essas e outras perguntas serão respondidas no “Seminário de orientação e acesso ao crédito”, promovido pelo Sebrae e o Banco da Amazônia, nas cidades de Colinas do Tocantins e Pedro Afonso. Em Pedro Afonso o evento acontece no dia 27 de maio, às 8h, no auditório da Prefeitura Municipal, já em Colinas do Tocantins às19h, no auditório do Ministério Público.

O objetivo principal dos seminários é esclarecer e orientar os empresários sobre as linhas de créditos oferecidas na Amazônia Legal.

A programação contará com a palestra de um representante do Sebrae que discorrerá sobre o acesso aos serviços financeiros e outro representante do Banco da Amazônia, que ministrará uma palestra sobre as linhas de créditos. Tudo deforma clara e transparente para o empresário, conforme explica o gerente do Núcleo Médio Norte do Sebrae, Ademir Rego. “O Sebrae quer orientar os empresários sobre as linhas de crédito, e para isso, nós utilizaremos dados e demonstrações simples e claras, para um bom entendimento. Esta oportunidade é para que não restem dúvidas sobre o acesso ao crédito”, disse Ademir.

O seminário será realizado em todas as cidades que possuem uma unidade do Banco da Amazônia. Para a gerente do Banco da Amazônia em Pedro Afonso, Ana Telisia de Carvalho Mendes, a intenção é que haja um aumento de demanda por investimentos. “Esperamos que após o evento, seja disponibilizado aos empresários mais de R0 mil reais nos próximos 30 dias. E esse investimento refletirá diretamente na auto-sustentabilidade e na geração de emprego e rendada cidade”, ressaltou.

Durante o seminário, os participantes poderão tirar dúvidas sobre quais são as linhas de crédito voltadas aos empresários de micro e pequenas empresas, como obter esses financiamentos, quais são os prazos e juros, qual a documentação necessária e o que pode ser financiado. Ao final, serão realizados atendimentos individuais para a efetuação de pré-cadastros e o agendamento de visitas. O Sebrae ainda realizará o cadastro para futuros cursos ministrados pela instituição.

Fonte: Assessoria de Imprensa do Sebrae