Estado

O governador Siqueira Campos (PSDB) terá que exonerar os 4.987 servidores exclusivamente comissionados da atual estrutura administrativa e que foram contratados antes de janeiro deste ano. Ao todo , a máquina tem 31.783 servidores efetivos.Os servidores serão exonerados nesta terça-feira, 7.

A medida é necessária para cumprir a determinação do Supremo Tribunal Federal que visa diminuir o número de servidores comissionados.

Dos que serão exonerados 3.322 são da Educação, 1.064 da saúde e 601 do Quadro Geral que atuam no controle interno, sistema prisional e outras áreas.

Na argumentação do governo está o objetivo de acabar com a ansiedade gerada entre os servidores que serão exonerados. Os servidores deverão continuar comparecendo às funções até dia 30 deste mês e receberão férias e 13º salário.

As servidoras com licença maternidade serão mantidas até o término na licença. Os que recebem auxílio-doença também continuarão recebendo o benefício.

Manutenção de serviços

Visando a continuidade das aulas o Estado informou que os professores da rede estadual serão exonerados apenas no final do semestre letivo.

Servidores temporários

Segundo os dados do governo foram feitos cerca de 6.100 contratos temporários. Na Educação foram 2.112, na Saúde será 1.269. Na Segurança Pública, cidadania e Justiça foram contratados 239 servidores. Outros 2.480 foram contratados para outras pastas.