Estado

Foto: Chorão

Situado entre os rios Tocantins e Sono, na região Centro-Norte, o município de Pedro Afonso completa 164 anos de fundação nesta sexta-feira, dia 15 de julho. A cidade, uma das mais importantes do Estado nos contextos cultural, político e econômico, vive dias de prosperidade, sobretudo pelo impulso que o agronegócio tem trazido para o desenvolvimento da região.

Fundada em 1847, pelo missionário franciscano Frei Rafael de Taggia, com a missão de catequizar índios, já teve nomes como Rio Sono, Travessia dos Gentios, passando a ser chamada de Pedro Afonso somente em 1849, como uma homenagem ao príncipe brasileiro D. Pedro de Orleans e Bragança, escolhido pelo Comendador Pádua Fleury, outra importante figura histórica que dá nome a uma das mais antigas instituições de ensino do município.

Atualmente, o passado pode ser relembrado nos casarões da Rua Anhanguera, nos Festejos de São Pedro e Santo Afonso, nos desfiles de 7 de setembro e acima de tudo na cultura de cada cidadão. A construção da ponte sobre o Rio Tocantins, em 2007, tirou a região do isolamento. Já a Ferrovia Norte-Sul, TO-010 e a Hidrovia Araguaia-Tocantins irão ligar a produção local ao Brasil e ao mundo.

Pedro Afonso ostenta vários títulos, o mais recente é o de Capital da Soja do Tocantins. Também é conhecido por ter um povo acolhedor e com facilidade para fazer amigos. A Praia do Rio Sono, seu principal atrativo turístico, destaca-se pela beleza única de suas águas limpas e calmas.