Turismo & Lazer

Foto: Wilson Rodrigues Além da participação do governador, segundo a organização, o evento esse ano reuniu cerca de 7 mil participantes Além da participação do governador, segundo a organização, o evento esse ano reuniu cerca de 7 mil participantes
  • Governador atravessou o rio a nado

Na manhã deste sábado, 23, o governador Siqueira Campos esteve no município de Itacajá, a 320 quilômetros da Capital, região Nordeste do Tocantins para prestigiar a 11ª edição do Rally das Águas, evento que ocorre tradicionalmente no mês de julho.

Segundo a organização do Rally, o evento este ano reuniu cerca de 7 mil “ralizeiros”, como são chamados os participantes, e mais de 15 mil turistas prestigiando.

Antes de assistir a largada do Rally, o governador surpreendeu a todos realizando um mergulho nas águas do Rio Manoel Alves Pequeno, onde acontece o evento. Na sequência. Siqueira Campos percorreu, de barco, com sua comitiva, um pequeno trecho por onde passa o Rally.

Durante coletiva à imprensa, o governador anunciou que o Rally das Águas fará parte do calendário anual de eventos do Estado, proporcionando uma maior contrapartida financeira para promoção e realização do mesmo. “A inclusão do Rally no calendário foi um pedido do prefeito que eu não poderia deixar de atender. Estou aqui para prestigiar este povo que me elegeu. Estive aqui na época da campanha e não poderia deixar de retornar para agradecer”, declarou

O prefeito de Itacajá, Manoel Pinheiro, destaca que o Rally é uma maneira de fomentar o lazer no município, além de atrair divisas econômicas para a cidade. “O Rally começou com uma brincadeira entre amigos, informalmente, mas hoje tornou-se uma atividade que movimenta a cidade em diversos aspectos, inclusive o econômico, dessa forma, não podemos deixar de realizá-lo anualmente”, pontuou.

Sobre o Rally das Águas

Conforme relatos dos moradores de Itacajá o Rally das Águas começou como uma atividade meramente de lazer dos habitantes locais. Segundo Washington Cunha Porto, morador do município, tudo começou com turistas e moradores que visitavam as belezas da cidade, dentre elas, a Cachoeira do Cajá. Eles realizavam a descida do rio a partir da cachoeira e a atividade tornou-se uma prática freqüente. Os anos se passaram e a organização do evento foi aumentando, sendo que desde 2005 a prefeitura de Itacajá participa da promoção e organização do Rally.

Em princípio, qualquer pessoa pode participar do Rally das Águas, desde de que tenha mais de 14 anos e autorização de um adulto ou responsável. Ao todo são 12 quilômetros de descida pelo leito do Rio Manoel Alves Pequeno. O tempo para realizar todo o percurso é estimado em cerca de quatro horas.

A largada ocorre em um ponto do rio a 10 quilômetros da cidade e termina na orla do município. Segundo a organização do Rally, não há premiação, o evento é realizado apenas para o entretenimento da população e moradores locais.

Os participantes, chamados de ralizeiros, podem fazer o trajeto de bóia ou qualquer outro tipo de inflável ou embarcação desde que estas não sejam motirazadas para que a segurança seja garantida.

Atualmente a prefeitura confecciona uma espécie de abadá,que é adquirida por grande parte dos participantes a R$ 20. O lucro é revertido para o custeio dos próprios abadás.

Fonte: Secom