Saúde

Neste dia 28, Dia Mundial de Luta contra as Hepatites Virais, a Sesau - Secretaria Estadual da Saúde, seguindo orientações do Ministério da Saúde, vem orientar toda a população para a prevenção das hepatites, em especial osjovens até 24 anos, com o incentivo de tomarem a vacina da hepatite B e as pessoas maiores de 45 anos, a realizarem o exame para diagnóstico da hepatite C.

As hepatites são doenças silenciosas, que não apresentam sintomas, sendo um grave problema de saúde pública, pois a maioria das pessoas não sabe que são portadoras do vírus, aumentando ainda mais a cadeia de transmissão das hepatites.

A vacina contra hepatite B está disponível na rede pública de saúde e é administrada gratuitamente para menores de 24 anos e grupos populacionais mais vulneráveis, como: população indígena em qualquer faixa etária, profissionais de saúde, gestantes, profissionais de salões de beleza e de estúdios de tatuagem. A vacina é administrada em três doses e deixa a pessoa imune.

Segundo dados da Gerência de Núcleo de Hepatites e Meningites da Sesau, no ano de 2010, no Estado do Tocantins, foram confirmados 128 casos de hepatite B e 25 casos de hepatite C. Já no ano de 2011, até o momento, foram confirmados 83 casos de hepatite B e 13 de hepatite C. No Tocantins ainda não foram registrados nenhum caso de hepatite D (mesma forma de transmissão da B) e Hepatite E (mesma forma de transmissão da A).

Nesta tarde de quinta-feira, técnicas da área de hepatites estarão na FLIT – Feira Literária Internacional do Tocantins, fazendo distribuição de folders educativos ao público do evento

Já na sexta, 29, durante todo o dia, haverá vacinação contra hepatite B, para os profissionais de saúde do Anexo I da Sesau.

A Sesau por meio da Gerência de Núcleo de Hepatites e Meningites e em parceria com os 139 municípios do Estado realizará atividades, visando à divulgação em larga escala para toda a população, com ações para esclarecimento dos tipos de vírus, formas de transmissão e prevenção e intensificação da vacina de hepatite B.

Doença

A hepatite é uma inflamação do fígado em que pode ser causada por vírus, uso de alguns remédios, álcool e outras drogas, além de doenças autoimunes, metabólicas e genéticas. As hepatites virais são classificadas pelas letras do alfabeto (A, B, C. D, E G). As formas mais graves são as hepatites B e C podendo evoluir para cirrose ou câncer. Geralmente as hepatites virais não apresentam sintomas, mas quando estes aparecem podem ser identificados pelos olhos e pele amarelados, urina escura, fezes esbranquiçadas, mal estar geral, cansaço e, em alguns casos, febre e dor na região do fígado.

Prevenção

Hepatite A e E: lavar as mãos com água e sabão após usar o banheiro, antes de comer ou preparar alimentos. Prefira comer alimentos cozidos. Lavar bem frutas e legumes. Limpeza de caixa de água com freqüência de 06 em 06 meses ou em condições que se fizerem necessário.

Hepatite B, C e D: fazer o uso de preservativos (camisinha) nas relações sexuais. Não compartilhar canudinhos, seringas e agulhas, pois são possíveis fontes de contaminação. Nunca compartilhe objetos que pode conter sangue, inclusive lâminas de barbear, objetos de manicure e pedicure, escovas de dente, pois são objetos de uso exclusivamente pessoal. (Ascom Sesau)

Por: Redação

Tags: Hepatite, Secretaria Estadual da Saúde