Palmas

Foto: Divulgação

Nesta sexta-feira, 19, a Prefeitura de Palmas encerra o prazo para o recadastramento dos servidores. São ao todo 9.800 funcionários dentre efetivos e comissionados. No entanto, alguns servidores estariam apreensivos temendo que o recadastramento tenha a finalidade de promover uma possível redução nos servidores contratados. O setor de recursos humanos informou que 30% dos servidores são comissionados ou contratados.

Essa possibilidade foi descartada pelo diretor de Recursos Humanos da Prefeitura, Marcos Rezende Machado que em entrevista ao Conexão Tocantins frisou que o recadastramento é uma ação indispensável.

“A finalidade real do recadastramento é ter os dados completos do servidor dentro dos sistema de folha”, salientou. Outro objetivo principal com a ação, segundo o diretor, é garantir os direitos dos servidores e facilitar o acesso ao do Instituto de Previdência Social do Município de Palmas - PreviPalmas.O último recadastramento foi realizado em 2008.

Os servidores devem entregar no órgão de lotação a ficha cadastral preenchida bem como cópias e originais dos documentos solicitados.

Redução

Não existe nada de oficial por parte da Prefeitura mas entre os servidores comissionados há uma certa insegurança com relação à possibilidade de redução no número de funcionários. O diretor afirmou que as contratações realizadas pela gestão estão dentro do limite da Lei de Responsabilidade Fiscal e que desconhece a intenção de uma possível demissão por parte do prefeito Raul Filho.

Relatos de vários servidores ao Conexão Tocantins dão conta de que a possível redução deve acontecer ainda neste mês.