Estado

Foto: Divulgação

Depois de episódio publicado na Revista Veja em que o secretário de planejamento e Modernização da Gestão Pública, Eduardo Siqueira Campos afirmou ter proximidade com o ex-ministro José Dirceu em razão do acordo feito com o PT no Estado o presidente da legenda no Tocantins, Donizeti Nogueira pontuou alguns compromissos.

Segundo Donizeti, o primeiro compromisso foi feito na eleição da mesa diretora da Assembleia Legislativa quando o partido não teve êxito nos cargos.

O novo concurso do Quadro Geral também faz parte de um dos compromissos que o partido fez como o governo, segundo o presidente. “Um dos compromissos foi o governo resolver o impasse com relação ao concurso”, frisou.

Na pauta de compromissos com o governo está ainda a abertura para a mesa de negociação com os movimentos sociais, afirmou o presidente.

Os deputados Amália Santana e José Roberto Forzani se identificam como independentes na Assembleia Legislativa mas conservam abertura e diálogo com o governo.

Os prefeitos do partido também já foram recebidos várias vezes para apresentar as demandas ao governo.