Economia

Foto: Márcio Vieira Mineração de Fosfato é nova realidade ecônomica de Arraias Mineração de Fosfato é nova realidade ecônomica de Arraias

As obras para a construção da unidade da MbAC Fertilizantes em Arraias estão evoluindo a cada dia. As novas instalações da empresa deverão ficar prontas no segundo semestre de 2012, visando à produção de fertilizantes a base de Superfosfato Simples (SSP). Iniciado em abril deste ano, atualmente o projeto se encontra em fase de terraplanagem, com 50% do processo concluído.

Para o governador Siqueira Campos, o projeto de mineração de fosfato é importante na pauta de industrialização da região de Arraias, principalmente devido ao volume de investimentos que exige da empresa MbAC, da ordem de R$ 424 milhões. Por isto, busca o Governo, em contrapartida, carrear recursos para a infra-estrutura da região, inclusive já planejando o asfaltamento da TO-296 (Arraias-Combinado), cujo trajeto passa próximo ao complexo minerador.

Para dar mais velocidade ao trabalho, diversos equipamentos foram encomendados e já começam a chegar. Os primeiros são tratores de esteira, moto niveladora e retroescavadeira de pneus. Até o final do ano, espera-se a chegada e montagem de outros novos. Ao mesmo tempo, ocorre a contratação de fornecedores de serviços que atuarão na construção civil e montagem para iniciarem as atividades em setembro e dezembro, respectivamente. Hoje, são 130 pessoas trabalhando nas obras, com perspectiva de chegar a 1,5 mil ao longo das próximas etapas.

No intuito de dar mais oportunidades de empregos à população de Arraias, a MbAC Fertilizantes estabeleceu parceria com o Senai para a realização de cursos de formação e também de especialização àqueles que já fazem parte de seu quadro de funcionários. O primeiro deles é a Introdução à Mecânica e Manutenção de Máquinas Pesadas, com aulas até 20 de outubro e duração de 100 horas. São 44 vagas no total divididas em duas turmas, sendo que 20 são destinadas à comunidade local.

Para tanto, a Prefeitura de Arraias disponibilizou instalações de uma escola municipal até que o Centro de Referência, localizado no centro e que está em reforma, possa acomodar os treinandos. A programação inclui ainda cursos em eletromecânica, eletrotécnica, segurança e outras áreas, do nível básico ao avançado, para este segundo semestre. “O Senai se mostra hoje como o parceiro principal para atender à formação de nova mão-de-obra e qualificação imediata dos funcionários que operam as máquinas”, afirma o gerente de Recursos Humanos da MbAC Fertilizantes, Ronaldo Nunes. E já adianta que “a demanda será crescente para as vagas que serão disponibilizadas futuramente”.

Mais informações sobre os cursos podem ser obtidas por meio dos telefones 63 3315-3370, do Senai, ou 63 3653-1153, do Centro de Referência MbAC Itafós.

Sobre a MbAC

A MbAC Fertilizantes foi criada para tornar-se uma importante produtora integrada de fertilizantes fosfatados e potássicos nos mercados brasileiros e latino-americanos.

A companhia possui uma equipe experiente com trajetória profissional nas áreas de operações para negócios de fertilizantes, gestão, marketing e finanças dentro do Brasil.

Em outubro de 2008, adquiriu a Itafós, a qual consiste em uma mina de fosfato, planta e uma unidade de britagem e sua respectiva estrutura, localizadas na região central do Brasil. O portfólio de exploração da MbAC inclui ainda projetos de fosfato e potássio, os quais também estão no Brasil. A empresa continua a buscar oportunidades na área de fertilizantes no Brasil e outros mercados da América Latina, onde a forte base agrícola e as oportunidades únicas podem possibilitar o crescimento no curto prazo. (Secom)