Estado

Foto: Divulgação

O relatório da “Avaliação do Cumprimento das Metas Fiscais do 2º Quadrimestre de 2011” do governo do Tocantins foi encaminhado pelo secretário do Planejamento e da Modernização da Gestão Pública, Eduardo Siqueira Campos, via ofício, ao presidente da Assembleia Legislativa na sessão da última terça-feira, dia 4. O documento aborda os principais aspectos que condicionam o comportamento da Receita e da Despesa no período.

Segundo o ofício, as receitas arrecadadas no segundo quadrimestre de 2011 totalizaram R$ 3,60 bilhões, o que corresponde a 92,19% da previsão inicial para o mesmo período. Conforme o texto apresentado, verifica-se "uma frustração na arrecadação no total de R$ 305,51 milhões, entretanto houve um aumento de 12,34 por cento com relação ao mesmo período de 2010”, diz o relatório.

Entre as receitas arrecadadas e despesas realizadas no período em análise, o relatório informa que o Estado encerrou o 2º Quadrimestre de 2011 com um superávit orçamentário de R$ 538,78 milhões, 146,78% superior ao mesmo período de 2010.

Também é detalhado no texto investimentos da receita líquida da ordem de 24,31 por cento com Educação e de 16,89 por cento com Saúde. Já a Operação de Crédito Interna e Externa obteve R$ 57,49 milhões, e alcançou 1,31 por cento da Receita Consolidada Líquida, e o Regime Próprio da Previdência Social apresentou um saldo financeiro de R$ 1,91 bilhão. (Dicom AL)