Polí­tica

Foto: Divulgação

Realizada na manhã desta terça-feira, 06, a solenidade de assinatura do convênio de cooperação técnica da TV Assembleia de Mato Grosso e da TV Assembleia de Goiás com a TV Câmara, canal legislativo da Câmara dos Deputados, ocorrida em Cuiabá, contou com a presença do Primeiro Secretário da Câmara, deputado Eduardo Gomes (PSDB), representando o presidente da Casa, deputado Marco Maia (PT-RS).

Na ocasião, a Assembleia Legislativa do Mato Grosso também assinou o convênio de cooperação com a TV Câmara e inaugurou seu complexo de transmissão. A Assembleia Legislativa de Goiás terá sua programação transmitida em canal aberto e sinal digital a partir de 2012. O evento aconteceu na Assembleia Legislativa do Mato Grosso coordenado pelo presidente da Casa, deputado José Riva (PSD), do presidente do Legislativo de Goiás, Jardel Sebba (PSDB/GO), além da bancada estadual de Goiás e de Mato Grosso e representantes do Ministério Público Estadual, da Defensoria Pública e do Tribunal de Justiça do Estado.

Depois de concluir a instalação da torre de transmissão de 110 metros da TV Assembleia, o presidente do Legislativo, deputado José Riva e demais membros da Mesa Diretora da AL/MT, firmaram convênio com a Câmara dos Deputados para receber equipamentos na ordem de R$ 3,7 milhões. Riva garante que com os investimentos, em breve, será possível levar o sinal aberto da TVAL para todos os municípios e ressaltou que a ALMT é o único parlamento a ter torre de transmissão própria, com capacidade de transmitir imagem HD, além de oferecer um canal de rádio FM.

O deputado Eduardo Gomes afirmou que o convênio só pode ser firmado graças ao preparo do Legislativo dos dois estados. “A TV digital aberta e com programação compartilhada só poderá ser possível graças à organização e preparo em que se encontra o Legislativo no Estado do Mato Grosso e de Goiás”, frisou.

Jardel Sebba (PSDB), presidente do Parlamento goiano, ao lado do presidente da Casa de Leis mato-grossense, José Geraldo Riva (PSD), fez o descerramento da placa. A TV Câmara irá fornecer todo o equipamento para a transmissão, incluindo transmissor, decodificador, uplink e downlink para satélite. “O nosso objetivo é disponibilizar o sinal digital ao menor custo possível. As Assembleias ficarão responsáveis somente pelos custeios”, explica a gerente de projetos da TV Digital da Câmara dos Deputados, Evelin Maciel. (Assessoria de Imprensa).