Polí­tica

Foto: Koró Rocha

A deputada Solange Duailibe (PT) cobrou novamente da Mesa Diretora da Assembleia Legislativa, a tomada de providências necessárias para a implantação do cargo de Assessor de Imprensa, na tabela de cargos comissionados dos gabinetes de deputados, a partir do próximo ano. A cobrança foi feita através de requerimento, apresentado durante sessão plenária desta terça-feira, 13.

De acordo com Solange, a implantação do referido cargo vai qualificar a prestação de serviço, na área de comunicação, para todos os gabinetes de deputados. “Esse cargo só poderá ser preenchido por um profissional formado em curso superior de Jornalismo”, informa, acrescentando que essa medida vai evitar também, a improvisação por pessoas não habilitadas, investidas nessa função.

Só qualificados

A parlamentar, que também é jornalista, cobrou ainda, a votação do projeto de Lei nº 51/2011, de sua autoria, que tratada exigência de apresentação de diploma de formação superior em Jornalismo, para o provimento de cargos de jornalista, efetivos ou em comissão, na esfera da Administração Pública Estadual, Direta ou Indireta, nos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário.

“Esse projeto visa resgatar a dignidade profissional da classe que desempenha uma função de alta responsabilidade e, por isso, precisa de formação teórica, cultural e técnica adequadas”, justifica Solange, argumentando que teve apoio da maioria dos deputados, quando da apresentação do referido projeto de lei. “Agora, precisamos que ele entre em votação, para que possa ser transformado em lei”, finaliza a deputada.