Palmas

Foto: Fernando Alves

Máquinas da Prefeitura de Palmas trabalham na duplicação da parte Norte da avenida Teotônio Segurado, pavimentação e drenagem da 305, 405 e 605 Sul, ampliação da iluminação pública e no revestimento e recuperação de mais de um milhão de metros quadrados da malha viária da cidade, segundo a prefeitura de Palmas informou.

Só para a pavimentação e drenagem da 305, 405 e 605 Sul, serão investidos quase R$ 20 milhões, com recursos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) e contrapartida da Prefeitura, segundo dados da Assessoria. Nessas três quadras estão sendo executados mais de 175 mil metros quadrados de pavimentação asfáltica, 17 mil metros lineares de drenagem e descarga pluvial, incluindo também a macro-drenagem tubular e celular.

A previsão é que os trabalhos na quadras 305 e 605 Sul sejam concluídos ainda este ano. Em ambas as quadras, a pavimentação e drenagem interna das quadras já foram concluídas, faltando apenas a conclusão das galerias de macro-drenagem. Na 405 Sul, a previsão é que os trabalhos sejam concluídos no primeiro semestre de 2012, uma vez que os serviços de terraplanagem e drenagem já foram iniciados.

Obras da macrodrenagem na LO-15

O investimento é de cerca de R$ 15 milhões para a construção de mais de nove mil metros de drenagem pluvial, abrangendo dois grandes ramais de macrodrenagem, um na LO-15 e outro na LO-19. A obra de captação e de descarga de águas pluviais já iniciou na LO-15. A previsão é que no próximo ano, os serviços iniciem na avenida LO-19.

Segundo o secretário municipal de Infra-estrutura, José Francisco dos Santos, a maioria das quadras asfaltadas de Palmas tem rede de captação interna, mas não é possível interligá-las. “O que falta é uma rede principal – a macrodrenagem –, que leve a água para o rio ou para o córrego. É exatamente o que a Prefeitura de Palmas está fazendo na LO-15, quando concluído o novo ramal despejará a água da 704 Sul e quadras adjacentes, no Córrego do Prata.

Para o próximo ano está prevista a construção da macrodrenagem na LO-19, serão construídos mais de 3.100 metros de drenagem, incluindo a rede tubular e celular. Já na LO-15 serão construídos 6.466 metros de drenagem pluvial.

Duplicação Teotônio Segurado

As obras de terraplanagem, duplicação e pavimentação e de construção da ponte sobre o córrego Sussuapara já tiveram início na parte Norte da Teotônio Segurado. Com investimento, oriundo de convênio entre o Governo Federal e o município de Palmas, no valor de R$ 2.971.000,78 serão duplicados mais de três quilômetros da via.

Um total de 78 mil metros quadrados de pavimentação, entre a LO-06 a NS-15 (Avenida Parque), que também contemplará os acessos da Avenida Theotônio Segurado a importantes órgão públicos, como o Detran, Naturatins, TCU, além da construção de uma ponte sobre o córrego Sussuapara, que terá uma extensão de 40 metros.

Mais de 9 mil metros de iluminação pública

Com recurso de mais de R$ 1,4 milhão proveniente da Contribuição para Custeio do Serviço de Iluminação Pública (Cosip), recurso exclusivo do Município de Palmas, a Prefeitura da Capital está ampliando em mais de nove mil metros lineares a rede de iluminação pública da cidade. Os postes de concreto da NS 02 e 04 deram lugar a postes de aço galvanizados, que além de trazer benefícios estéticos para a cidade trazem também economia, uma vez que a vida útil dos mesmos é superior a dos demais.

O investimento contempla a instalação no canteiro central de 225 novos postes, com formato inovador e já instalados desde a NS-02, próximo a feira da 304 Sul, entrando pela Avenida Palmas Brasil e subindo pela NS-04, altura da quadra 1.206 Sul. Todos os postes já foram instalados e a fiação já foi concluída e a previsão é que no início de novembro todas essas novas luminárias já estejam em funcionamento. As luminárias e postes que estão sendo substituídos serão reutilizados em outros locais da Capital.

Cosip

Com respaldo na Constituição Federal, a Contribuição para Custeio do Serviço de Iluminação Pública (Cosip), em Palmas, é arrecadada de cada contribuinte por meio da cobrança mensal da conta de luz e proporcional ao consumo. A maior parte do valor arrecadado é destinada ao pagamento da conta de iluminação pública, os valores restantes a Prefeitura investe na manutenção e ampliação da iluminação da Capital.

Recapeamento asfáltico

A meta de revestir e recuperar um milhão de metros quadrados da malha viária da Capital, em 2011, já está prestes a ser concluída, visto que em apenas três meses a Prefeitura já recuperou mais de 900 mil metros quadrados de ruas e avenidas, investimento de aproximadamente R$ 10 milhões oriundo da receita municipal. Até o final de 2012 a estimativa é que seja recuperado mais um milhão de metros quadrados, dando um total de dois milhões como previsto, o que superará R$ 20 milhões em investimento na malha viária de Palmas.

Segundo o secretário José Francisco, a cidade como um todo necessita dessa obra de recuperação asfáltica, por isso neste ano foram priorizadas as regiões Central e Norte, e para 2012 serão priorizadas as regiões de Taquaralto e Aurenys. “Isso não quer dizer que as regiões Central e Norte não serão atendidas em 2012”, acrescentou.

Ainda de acordo com o secretário, a expectativa é que esta recuperação da malha viária proporcione uma sobrevida de até cinco anos, podendo ter uma durabilidade maior dependendo do tráfego de veículos no local.