Polí­cia

Foto: Divulgação

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu neste domingo, 12, por volta das 12h30min,em Guaraí, durante inspeção de rotina, 13,750 Kg de maconha que estavam sendo transportados por Israel Fernandes Mandure, 21 anos, passageiro de um ônibus interestadual que fazia a linhaGoiânia (GO) para São Luís (MA). Esta foi a segunda apreensão de maconha em 48h feita pela PRF de Guaraí, totalizando 70 kg de maconha. Na quinta-feira, 9, já haviam sido apreendidos cerca de 50kg de maconha, em outro ônibus que seguia para São Luís.

Ao proceder à verificação nas bagagens e a abordagem nos passageiros, os policiais localizaram a droga dentro de uma mala e, após uma rápida apuração, foi constatado que a droga pertencia ao passageiro Israel Fernandes. Diante dos fatos, imediatamente foi dado voz de prisão ao acusado por tráfico sendo o mesmo encaminhado à central de flagrantes de Guaraí para os procedimentos cabíveis.

Já na delegacia ao ser indagado pela autoridade policial sobre a procedência, destino e se era o verdadeiro dono da maconha apreendida, Israel limitou-se a dizer que havia pegado a droga em sua cidade natal; Águas Claras (MS), se deslocado até Goiânia de onde embarcou no ônibus que o levaria até a cidade de São Luís do Maranhão.

Disse, ainda que era somente o transportador da droga e, que para isso receberia a importância de R$ 1.000,00 e que desconhecia a pessoa de quem recebeu a substância entorpecente bem como não soube informar a pessoa a qual devia entregar a droga no Maranhão.

Após o interrogatório, a equipe de agentes do delegado Wilson Oliveira efetuou a checagem dos dados do acusado no sistema de informações Infoseg, onde foi descoberto que já havia um mandado de prisão em aberto contra o autuado, expedido por uma comarca do Mato Grosso do Sul pelo crime de furto.

Israel foi autuado em flagrante pelo crime de tráfico de drogas e recolhido a carceragem da Cadeia Pública de Guaraí, onde ficará a disposição da justiça.

Após os procedimentosde praxe na PRF, a ocorrência foi encaminhada para a 1ª Delegacia de Polícia Civil de Guaraí, para a devida autuação. (com informações Nucom PRF-TO e Ascom SSP)