Polí­tica

Foto: Divulgação

O agricultor Abelor Borges de Campos (PT) é o primeiro assentado da reforma agrária a assumir o cargo de prefeito no Tocantins.

O prefeito de Colméia, Professor Ermilson (PT), que se licenciou do por 30 dias para tratamento de saúde, resumiu seu sentimento ao transmitir o cargo ao vice-prefeito, que permanece na função até o próximo dia 8 de abril. “Tenho tranquilidade de que os princípios da administração pública continuarão sendo plenamente cumpridos, pois o cargo será ocupado por um homem sério e comprometido com nosso município”, disse.

A solenidade aconteceu no gabinete da Prefeitura de Colméia, na manhã desta quinta-feira, 07 de março, e contou com a participação de cerca de 40 pessoas.

Essa é a primeira vez no Tocantins e, provavelmente no Brasil, que um agricultor assentado da reforma agrária assume o cargo de prefeito. Para Abelor Borges, é um orgulho assumir a prefeitura na ausência de Professor Ermilson, não só pelo fato de ser sua tarefa, mas pela honra de trabalhar com ele. "Vamos dar continuidade a todas as ações da Prefeitura e a tudo o que o prefeito estabeleceu como prioridade para a cidade. Não vai haver alteração alguma, até porque fazemos um governo para o povo. Conto com o apoio dos secretários, servidores, vereadores, instituições públicas e, sobretudo, da população colmeense", disse o agora prefeito em exercício de Colméia.

Além de representantes de vários segmentos da sociedade, a solenidade contou com a presença da primeira-dama e secretaria de Assistência Social, Elzivan Noronha; secretários e servidores municipais; vereadores Pedro Ribamar (PMDB - presidente da Câmara Municipal), Luisão (PSB), Jairo (PR), Dona Nilza (PSD) e Raimundo da Emater (PSD), e o promotor de justiça do município, Rafael Pinto Alamy.

Após comunicar seu afastamento para tratar da saúde, Professor Ermilson recebeu várias manifestações de solidariedade de moradores que desejaram boa sorte. “Fico feliz em sentir o carinho da comunidade. Com esperança em Deus e auxílio do médicos pretendo voltar ao trabalho em abril ainda mais motivado para trabalhar por nossa cidade.

Perfil

Abelor Borges de Campos tem 66 anos e é natural de Neropólis (GO). Mora em Colméia há 30 anos. É casado com Lázara das Dores Campos, com quem tem um filho, Wanderson Borges da Silveira. Abelor Borges já foi secretário de Finanças e de Administração em gestões anteriores em Colméia. Ele é um dos agricultores com área no Assentamento Marília, zona rural de Colméia.