Estado

Informações confirmadas pela Secad dão conta queo novo certame que está em andamento pelo governo do Estado vai prever 6352 vagas no total sendo 1768 para ensino superior (1330 para provimento imediato) e 3619 (sendo 2470 para provimento imediato) para ensino médio e ainda 965 (sendo 713 para posse imediata) para nível fundamental. Do total de vagas 4513 aprovados devem assumir de imediato já que o objetivo do certame é cumprir recomendação do Supremo Tribunal Federal de substituir os contratos pelos efetivos.

Nesta quarta-feira, 2, a empresa responsável pelo certame, Assessoria em Organização de Concurso Público Ltda (AOCP), de Maringá, se reunirá com o secretário de Administração Lúcio Mascarenhas e demais membros da equipe organizadora do certame. A expectativa é para assinatura do contrato que será no valor de R$ 2,475 milhões.

O edital do certame com os dados completos inclusive a data da prova será divulgado no máximo até a sexta-feira, 4, segundo estimou a Secad.

O certame já tem 60 mil inscritos e os candidatos remanescentes do concurso realizado em 2009 que foi cancelado pelo governo atual que queiram mudar de cargo ou alterar o nível na inscrição do certame terá que pagar a taxa novamente.

A previsão é que o certame seja homologado ainda neste primeiro semestre do ano mesmo com todo o atraso no cronograma que já passa de 40 dias.

Segundo a Secad, nesta terça, 1º de maio, as equipes envolvidas na organização do concurso do Quadro Geral do Estado estiveram reunidas na Secad para definir questões relativas a realização do concurso, bem como assinatura do contrat. Estão em Palmas os representantes da AOCP Emerson Pinheli, diretor geral, Fábio Morelli, diretor jurídico, Robson Beterincoto, Gerente de TI e Gislaine e Gislaine Araújo.

Uma das definições é que serão publicados, pelo Governo do Estado, editais para o concurso, bem como a relação dos candidatos do certame anterior que mantiveram suas inscrições, e ainda, a relação de candidatos que solicitaram a devolução do valor das inscrições, mas por algum problema, como mudança de endereço ou erro na conta corrente, não receberam e continuam inscritos e a lista daqueles que pediram devolução, receberam e por isso não têm qualquer vínculo com o novo certame.

Por: Redação

Tags: AOCP, Lúcio Mascarenhas, Quadro Geral