Estado

Foto: Divulgação

O médico José Gastão Almada Neder foi reconduzido à Secretaria Estadual da Saúde como secretário executivo da Pasta nesta terça-feira, 31, conforme o Diário Oficial do Estado. Almada Neder cumpria expediente no gabinete do governador Siqueira Campos desde que deixou a titularidade da Sesau em março deste no.

O novo secretário executivo da Secretaria da Saúde chegou a ser titular da Pasta depois que Raimundo Boi encerrou sua curta passagem à frente da Sesau. À época, a gestão do então secretário da Saúde não suportou as constantes denúncias de nepotismo e Raimundo Boi, sob alegação de necessidade de dedicação a assuntos pessoais, acabou sendo substituído por Neder.

Cabe ressaltar a alta rotatividade de secretários para o setor da saúde pública do Tocantins, desde que o governador Siqueira Campos retorno para seu quarto mandato. Ao todo quatro secretários (Arnaldo Nunes, Raimundo Boi, Gastão Neder e Nicolau Esteves) já passaram pela Sesau desde janeiro de 2011. Com a recém nomeação de Luiz Fernando Freesz, a Sesau chega ao seu quinto gestor em um ano e meio de governo.

Além de ter feito parte da equipe de gestores da Secretaria Estadual da Saúde, o médico ginecologista já também assumiu funções administrativas na saúde de Palmas.

Receitas em branco

O nome do ex-secretário estadual da Saúde chegou a ser citado depois de investigação da Polícia Federal e da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) que culminou no fechamento de uma farmácia no centro de Palmas, no início de 2011. Na época, a polícia encontrou um bloco receituário com carimbos em nome do médico e assinaturas que supostamente lhe pertenciam.

No entanto, no decorrer das investigações, foi constatado que Gastão Neder não havia participado do esquema e seu nome nem chegou a ser citado como parte do processo que ainda tramita na justiça federal.