Saúde

Foto: Divulgação

Representantes de Sindicatos ligados aos profissionais da Saúde e os Secretários da Saúde, Luis Fernando Freesz e da Administração, Lúcio Mascarenhas se reuniram nesta terça-feira, 31, para discutir a regularização do pagamento das gratificações de Interiorização, Unidade de Terapia Intensiva – UTI e Pronto Socorro das equipes multiprofissionais que trabalham nestes setores. Ainda sem acordo, uma nova reunião ficou marcada para a próxima sexta-feira, 3 de agosto, às 15 h.

As gratificações estão suspensas desde o mês de março. O pagamento do benefício em atraso seria feito através de uma MP – Medida Provisória. Um questionamento ainda resolvido foi a falta da gratificação aos profissionais de outras categorias que atuam no mesmo setor.

O Secretario de Administração Lucio Mascarenhas disse que irá se reunir com outros Secretários para ver a possibilidade de incluir as categorias até então não contempladas.

No encontro também foi discutida a criação de um grupo de trabalho para a elaboração da proposta de um Projeto de Lei para pagamento de produtividade para todos os profissionais dos hospitais públicos do Estado, não comtemplados nas gratificações de urgência e emergência.

De acordo com o presidente do Sindicato dos Profissionais da Enfermagem do Estado do Tocantins – SEET, Ismael Sabino da Luz, a reunião foi produtiva.

 “Com o estudo proposto todos os profissionais serão beneficiados independentemente de laborar ou não em ambiente de urgência e emergência, e sim em outros setores hospitalares cujo pagamento será pago por produtividade a todos sem exceção, porém não abriremos mão das nossas conquistas”, comentou o presidente acrescentando que acompanhará de perto todo o desenrolar desse caso. (Ascom)