Estado

Foto: Marcio Vieira

O governador Siqueira Campos inaugurou na tarde desta última quinta-feira, 30, mais uma subestação de energia elétrica, em Cristalândia, a 165 km de Palmas. A obra que custou R$ 4,6 milhões é um investimento do executivo e da Celtins, beneficiará mais de 40 mil pessoas em toda a região sudeste do Tocantins.

Segundo governador, há muito que se comemorar no setor de energia elétrica do Estado. “O nosso Estado já investiu mais de R$ 300 milhões em energia elétrica e com isso saímos do zero para mais de 70 mil km de rede elétrica. Fizemos o Reluz, com recursos do Governo do Estado, na ordem de R$ 80 milhões e baixamos o preço da energia elétrica que era o maior do Brasil, para o 11° do País. Estes acontecimentos de inovação tecnológica como esta subestação, mostra que mesmo baixando os preços das tarifas, podemos melhorar a qualidade da energia que oferecemos”, destacou.

Ainda segundo o governador, todos os esforços são para que a população tenha qualidade de vida. “Acreditamos na capacidade empreendedora e inovadora da iniciativa privada e enquanto vida eu tiver, vou buscar investimentos e ideias para que o Tocantins seja de paz, com empregos e sem crianças e adolescentes nas ruas”, enfatizou Siqueira Campos.

Para o diretor de Projetos Especiais e Distribuição em Alta Tensão da Celtins, Joaquim Guedes, a obra é um grande avanço na qualidade e confiabilidade da energia ofertada. “Tínhamos uma subestação que atendia a cidade e sua zona rural e hoje estamos aproveitando uma linha que foi feita ainda no segundo governo do Governador Siqueira Campos que sai de Nova Rosalândia e vai até Lagoa da Confusão e transporta mais energia, por ser com tensão de 69 KV, ou seja, o dobro do que tínhamos antes, com 34,5 kV ”, afirmou acrescentando que a subestação é toda controlada de Palmas, com um sistema totalmente automatizado capaz de se detectar as falhas em menor tempo possível.

A obra entregue atenderá ainda os municípios de Pium, Nova Rosalândia, Lagoa da Confusão e Paraíso do Tocantins em momentos de queda de energia das subestações locais. (Secom)