Polí­tica

Foto: Divulgação

O presidente do Sindicato das empresas de Rádio, TV e agências de Publicidade, Sintert, Hélio Ferreira da Silva questionou em entrevista ao Conexão Tocantins nesta terça-feira, 25, o cancelamento de um debate previsto para o domingo, 30, na Rádio Estrela FM, emissora da cidade de Arapoema.

Segundo o presidente o debate foi cancelado porque o atual gestor da cidade, Baltazar Rodrigues, conhecido como Tazinho, teria pedido ao proprietário da emissora, Everardo Ribeiro. Tazinho apoia a candidatura de seu vice-prefeito, conhecido como Irmão do Hotel. “Fomos pegos de surpresa pela atitude do prefeito Tazim. Fiquei indignado com isso. A emissora já tinha autorizado o debate”, justificou.

Hélio conta ainda que todos os candidatos à prefeitura da cidade já tinham sido convidados e que o Sindicato já estava há dias divulgando o evento. “ A ideia era termos um debate independente onde todos os candidatos pudessem colocar suas propostas e assim a população pudesse escolher melhor”, explica.

Além de Irmão do Hotel concorrem á prefeitura: Assilon do PT, Dra. Lúcia, Ricardo Júnior, Professora Lú e Irmã Keila. O Sindicato, segundo o presidente, tentou sensibilizar o proprietário para a realização do debate no entanto não houve êxito.

Procurado pelo Conexão Tocantins, Everardo Ribeiro negou veemente que tenha cancelado a pedido do atual prefeito. “Isso foi uma decisão minha e não teve pedido de ninguém”, sustenta. Segundo o proprietário, sua decisão é em razão de não querer que a rádio se envolva em questão política ou possa beneficiar qualquer um dos candidatos.

  O Sindicato alega ainda que encaminhou ofício ao ao Juiz Eleitoral, Dr. Rosemilto Alves de Oliveira com informações sobre o debate.

O Conexão Tocantins tentou contato com o prefeito Tazinho para ouvi-lo sobre o assunto mas não obteve retorno até o final desta matéria.