Polí­cia

Foto: Divulgação Magno Nogueira conhecido pelo apelido de Catatau Magno Nogueira conhecido pelo apelido de Catatau

A Polícia Civil, por intermédio da equipe da 1ª Delegacia de Polícia de Gurupi, prendeu no Distrito Federal, Magno Nogueira Nazareno Júnior, conhecido pelo apelido de Catatau, de 19 anos. Ele é acusado da morte de João Marcos Amaral Gonçalves, 19 anos, ocorrida no dia 14 de setembro deste ano, em Gurupi. Catatau chegou à Gurupi na madrugada desta quinta-feira, 18, e está preso na Casa de Prisão Provisória da cidade.

De acordo com a delegada que presidiu o inquérito e coordenou à operação, Lucélia Maria Marques Bento, o crime aparentemente foi cometido por motivo fútil, pois segundo testemunhas a vítima e o autor estavam conversando quanto Catatau desferiu uma facada em João Marcos.

O golpe da faca atingiu uma veia vital na altura da clavícula, entre o tórax e o pescoço. Na ocasião, João tentou correr até o hospital, que fica próximo ao local do crime, um estabelecimento comercial, na Avenida Piauí, esquina com a Rua 3, no centro da cidade. Entretanto, ele não resistiu ao ferimento e veio a óbito antes de conseguir socorro.

Ainda segundo a delegada, Lucélia, após o crime Catatau fugiu, sendo localizado após investigação da equipe de policiais Civis da 1ª DP de Gurupi. O acusado foi preso por volta das 17 horas da última segunda-feira, 15, na casa de um de seus familiares que fica localizada na cidade satélite, Vicente Pires, em Brasília.

Catatau possuiu diversas passagens pela polícia por outros delitos cometidos ainda quando era adolescente, entre os crimes pesa contra ele duas tentativas de homicídio. (Ascom SSP)