Polí­tica

Foto: Divulgação

A Câmara dos Deputados aprovou nesta semana, a Medida Provisória 576/12, que prevê um conjunto de medidas para organizar e planejar todo o setor de transportes do País. A proposta transforma a Empresa de Transporte Ferroviário de Alta Velocidade (Etav) em Empresa de Planejamento e Logística S.A. (EPL), vinculada ao Ministério dos Transportes, e cria a figura do operador ferroviário independente para gerenciar a demanda por esse tipo de transporte nas ferrovias concedidas pelo governo.

Ao texto, o parlamentar inseriu uma emenda que inclui às atribuições da EPL, a elaboração de estudos especiais sobre a demanda de transportes por regiões brasileiras, priorizando ações de formação de políticas públicas voltadas para a eliminação de desigualdades regionais.

“Essa emenda é oportuna, uma vez que centraliza um pouco do investimento feito em logística de transporte no combate às desigualdades regionais, inclusive na velocidade de entrega de cargas e produtos. Com essa medida será possível contornar o atraso histórico de investimentos em determinadas regiões do País”, argumentou.