Polí­tica

Foto: Divulgação

O vereador releito do PSD, Valdemar Júnior confirmou ao Conexão Tocantins que tem intenção de apoiar a gestão do prefeito eleito de Palmas, Carlos Amastha (PP). “Vou ajudar ele a governar o município”, salientou. Segundo o vereador, que é aliado senadora Kátia Abreu, o partido ainda não definiu se terá uma orientação aos parlamentares da legenda. “ O partido não tomou nenhuma definição”, disse.

Segundo o parlamentar ele vai ajudar a aprovar matérias importantes para a cidade mas também fará críticas quando achar necessário.

No entanto, conforme o outro vereador do PSD, Iratã Abreu revelou ao Conexão Tocantins ele pretende ser o líder da oposição. Iratã inclusive já comentou com Valdemar sobre essa pretensão.

Carlos Amastha já está construindo apoio pontual de maioria dos vereadores que farão parte da próxima legislatura.

Partido da Solidariedade

O parlamentar vai ajudar a coletar assinaturas para a criação do Partido da Solidariedade que entrará em processo de criação. Mesmo com a ajuda com as assinaturas ele nega que tenha intenção de ir para a sigla. “ Estou ajudando sem responsabilidade e sem intenção nenhuma de ir para o partido”, frisou.