Polí­tica

Foto: Linda Cristal

Por iniciativa do Primeiro Secretário da Câmara, deputado Eduardo Gomes (PSDB), foi inaugurado na Câmara, nesta última quarta-feira, 12, o Centro Cultural Câmara Zumbi dos Palmares, que proporcionou a união institucional entre o Museu da Câmara e Espaço Cultural Zumbi dos Palmares. Em 2011, iniciou-se um trabalho de integração entre vários setores da Casa, de forma a garantir mais qualidade e abrangência às ações culturais. O deputado Eduardo Gomes propôs, então, a reformulação do Espaço Cultural, criando um novo órgão dotado de atribuições e autonomia mais amplas.   

“A crescente demanda por exposições institucionais, culturais e artísticas demonstra o prestígio que a Câmara obteve junto aos artistas e parceiros culturais e a qualidade das atividades que resultou na boa aceitação da população, que se faz cada vez mais presente aos eventos aqui realizados”, destacou o Primeiro Secretário.

Eduardo Gomes citou ainda que, “o Centro Cultural é nossa aposta em um serviço de excelência para preservar a memória do Legislativo brasileiro e na crescente qualificação das exposições temáticas e do desenvolvimento da arte e da cultura nacional que emprestam leveza à nossa missão de procurar soluções para o crescimento do Brasil, numa perspectiva humana e democrática”.

A inauguração do novo espaço de cultura da Casa contou com a apresentação da dupla Zé Mulato e Cassiano, do músico Beto Dourah, além do Coral da Câmara. O projeto atende ao artigo 215 da Constituição Federal, que obriga as instituições públicas a apoiar e difundir a cultura brasileira.

O Centro Cultural Câmara dos Deputados Zumbi dos Palmares funciona das nove da manhã até às cinco da tarde. A ideia é explorar todos os espaços do Congresso Nacional para exposições, além de expor o patrimônio já disponível na Casa entre obras de arte, mobiliário e o próprio conjunto arquitetônico planejado por Oscar Niemeyer. (Assessoria de Imprensa)