Estado

Foto: Divulgação

Nas últimas três semanas a coleta de lixo não foi realizada no Distrito de Luzimangues, há 8 km de Palmas, segundo relataram moradores do local ao Conexão Tocantins. Normalmente, a coleta no Distrito é realizada uma vez por semana pela prefeitura de Porto Nacional.

“O lixo está todo jogado nas portas. Nesse período de chuva, o lixo, que vem se acumulando nas calçadas e terrenos baldios, tem se tornado criadouro do Aedes Aegypti, além de atrair outros insetos, como baratas e escorpiões”, relatou o morador Manoel Mendes em entrevista ao Conexão Tocantins.

A superintendência da Prefeitura de Porto Nacional que tem sede no Distrito não deu esclarecimentos aos moradores sobre o atraso no recolhimento, segundo informou o morador. “A Superintendência passa mais tempo fechada  do que aberta”, criticou, sobre o funcionamento do órgão.

O lixo estaria ainda se acumulando nas margens da rodovia, segundo contaram alguns moradores que mencionaram ainda outros transtornos vivenciados no Distrito como falta de iluminação pública e água tratada.

O Conexão Tocantins tentou por várias vezes contato com a prefeitura de Porto Nacional para buscar explicações sobre o impasse mas não obteve resposta até o fechamento desta matéria.

O prefeito eleito de Porto Nacional, Otoniel Andrade comentou ao Conexão Tocantins que vai criar a Subprefeitura de Porto Nacional em Luzimangues e que pretende resolver o problema da coleta de lixo no Distrito.