Polí­tica

Foto: Clayton Cristus

Tomou posse, em sessão especial na manhã desta sexta-feira, 1º, o presidente eleito da Assembleia Legislativa, deputado Sandoval Cardoso (PSD). O parlamentar, juntamente com os outros seis membros da nova direção da Casa, foi eleito ainda em 2012, em processo eleitoral excepcionalmente antecipado. Mesmo com o retorno de Sandoval, que ocupava a Secretaria Estadual das Cidades, Jorge Frederico permanece como  suplente já que o deputado Raimundo Palito continua afastado.

Nas cadeiras da AL, além dos deputados, familiares, amigos e autoridades estaduais e deputados federais.

O governador Siqueira Campos (PSDB) não compareceu à posse de Sandoval, sendo representado por seu filho, o secretário das Relações Institucionais, Eduardo Siqueira Campos. O prefeito de Palmas, Carlos Amastha (PP) e seu secretário de governo, Tiago Andrino também estiveram presentes na cerimônia.

Mesa Diretora

Além de Sandoval, foram eleitos para compor a Mesa Diretora, os parlamentares Osires Damaso (DEM), como primeiro vice-presidente, e Eduardo do Dertins (PPS), como segundo-vice-presidente. Os deputados José Geraldo (PTB), Toinho Andrade (PSD), Iderval Silva (PMDB) e Josi Nunes (PMDB) foram eleitos para a primeira, a segunda, a terceira e a quarta-secretaria, respectivamente. 

Presidentes

O agora ex-presidente da Casa, deputado Raimundo Moreira, em seu discurso à frente da tribuna da Casa, fez um breve balanço dos dois anos em que esteve na cadeira mais importante do Legislativo. Em sua fala, o deputado lembrou o início complicado de sua gestão, quando a eleição, em 2011, foi marcada por erros e disputas acirradas. Moreira lembrou dos problemas financeiros que encontrou quando assumiu a presidência e das medidas que precisou tomar para sanar. “Com a ajuda dos nossos parlamentares, hoje estamos com as dívidas sanadas e com mais de R$ 2 milhões em caixa”, disse.

Sobre a reforma estrutural pela qual a Casa de Leis passa, Moreira salientou a transparência no processo licitatório e a qualidade dos materiais utilizados no processo. O presidente admitiu que as obras devem, ainda, demorar mais um pouco para terminarem. “A reforma ainda está em pleno processo de execução. Começou no ano passado e deve se estender por mais algum tempo”, frisou.

 Em seu primeiro discurso como presidente da Casa de Leis, Sandoval destacou suas metas para a nova gestão que inicia neste dia primeiro e vai até 31 de janeiro de 2015. Em sua fala, o deputado fez um resgate histórico do Poder Legislativo tocantinense, desde 1989, quando ainda em Miracema, a primeira Mesa Diretora da Casa elegeu Siqueira Campos como primeiro governador do Estado.

Sobre as metas, Cardoso informou que é preciso confirmar a Assembleia como o centro de convergência de todas as vocações e ideias do Estado. “Dentro do Estado o Legislativo é que tem a grande vocação de trazer os grandes debates para o interesse público”, disse.

Em tom conciliador, o novo presidente agradeceu a todos os partidos políticos que compõem o parlamento tocantinense. Cabe ressaltar que Sandoval Cardoso foi eleito, em 2010, pelo PMDB, partido, á época de oposição ao governo do Estado. Após racha e troca de partido, o deputado se aproximou do governo de Siqueira Campos.

Sobre as metas, o deputado salientou a instalação da TV AL, que já está em funcionamento via internet e que, segundo ele, ainda este ano, deve ter transmissão via canal de televisão.