Polí­tica

Foto: Divulgação

O grupo de oposicionistas passou a ter vários encontros após o parecer da procuradoria Geral que foi favorável à cassação do governador Siqueira Campos (PSDB) e do vice, João Oliveira (PSD) na última semana. Participam das reuniões o advogado que assina o Rced, Solano Donato Damascena além do ex-governador Carlos Gaguim, o deputado estadual Sargento Aragão (PPS) e outros.

No encontro, o grupo dispute possibilidades no caso do pleno do TSE votar pela cassação do diploma do governador e do vice. Esta semana o grupo novamente vai se encontrar para tratar do assunto. Uma agenda de viagens á Brasília também está sendo definida tendo como objetivo acompanhar o processo.

Após análise da procuradoria o processo está com a ministra relatora Luciana Lóssio que deve pedir pauta para o Rced em 60 dias. Uma das estratégias do grupo é apresentar alguns memoriais quando estiver mais perto do processo. Às partes cabe agora se preparar para a sustentação oral no julgamento.

Ao Conexão Tocantins o deputado estadual Sargento Aragão, um dos parlamentares que inclusive ajudou financeiramente no Rced, frisou que o clima no grupo é de otimismo. “ Não vamos abrir mão. Vamos continuar acreditando que só perdemos a eleição por causa do abuso de poder através dos veículos de comunicação de Araguaina”, frisou.

O grupo ligado a Gaguim espera que o TSE, no caso de cassação, determine a posse do peemdebista como segundo colocado no pleito de 2010 mas a hipótese mais provável é de realização de uma eleição indireta. “ Precisamos discutir melhor esta questão da eleição indireta mas se o candidato vier do Palácio eu sou candidato”, frisou Aragão. Segundo ele, oito deputados estaduais apoiam o Rced.

No caso de uma eleição indireta o secretário de Relações Institucionais, Eduardo Siqueira é um dos nomes cogitados para disputar porém ele já adiantou ao Conexão Tocantins que não tem interesse. “Eu não discuto a possibilidade de uma eleição indireta e não tenho interesse em participar de um processo desta forma”, disse o secretário que cogita um placar de 7 a 0 a favor do governador no julgamento.

Rced

O Rced, que foi protocolado em janeiro de 2011, teve como proponentes o ex-governador Carlos Gaguim (PMDB) além o deputado federal Júnior Coimbra e o deputado estadual Eduardo do Dertins. Siqueira e Oliveira são acusados de abuso de poder político e econômico, uso indevido de veículo de comunicação e compra de votos.