Polí­tica

Foto: Divulgação

O governador Siqueira Campos (PSDB) estuda criar mais uma pasta no governo. Desta vez a ideia é contemplar a área da regularização fundiária. Tal pretensão foi confirmada ao Conexão Tocantins pelo secretário de Relações Institucionais, Eduardo Siqueira Campos nesta sexta-feira, 5. “ O governador afirmou esse desejo de formalizar uma estrutura que dê agilidade á regularização fundiária e que tenha um corpo técnico específico”, revelou.

Eduardo frisou que está área é fundamental para o Estado. “ É uma das mais importantes que enfrentamos. É um tema fundamental”, conta. A intenção é facilitar também a regularização de áreas e propriedades de olho em novos investidores que estudam se instalar na capital.

Tal pasta visa ainda ajudar na relação do governo com o Estado com relação a este tema. Eduardo contou ainda que a regularização fundiária é um dos temas prioritários na agenda conjunta entre Estado e prefeitura de Palmas já que o patrimônio imobiliário da capital pertence ao Estado.

O governo ainda não falou oficialmente em nomes mas nos bastidores a informação é que o deputado federal Irajá Abreu (PSD), filho da senadora Kátia Abreu (PSD) pode ser convidado para assumir a nova secretaria. Se isso acontecer ele será o segundo deputado federal a ocupar uma pasta do governo já que atualmente Eduardo Gomes (PSB) está licenciado e comanda a área de Esporte, recém separada da Juventude. A suplente de Irajá no caso de um afastamento seria a deputada Nilmar Ruiz que já está ocupando a vaga de Gomes.

Sobre o nome que vai ocupar a possível pasta Eduardo deixou claro que esta decisão é exclusiva do governador.