Polí­tica

Foto: Divulgação

Durante o encerramento dos Encontros Macrorregionais Partido dos Trabalhadores, que foram realizados em oito municípios do Tocantins (Axixá do Tocantins, Araguaina, Colinas do Tocantins, Guaraí, Divinópolis, Porto Nacional, Gurupi e Dianópolis), Paulo Mourão destacou a importância desses debates, que reuniu milhares de pessoas ao longo desses oito encontros, com objetivo de mobilizar a base partidária, debatendo a conjuntura nacional, estadual e local, demonstra a maturidade e a responsabilidade que o PT tem para com as questões que afligem o povo do Tocantins, como a pobreza, o desatendimento da saúde, e os problemas que atingem também os funcionários públicos, ao citar a polêmica em torno do Plansaúde.  “Nós entendemos que nesse momento de debate profundo, precisamos reconstruir esse estado, fazer algo inovador no processo da gestão, principalmente levando em conta essa gestão desqualificada que neste momento estamos presenciando no governo estadual”, disse.

Mourão avaliou de forma positiva o momento vivido pelo PT e destacou a importância da união, em prol dos objetivos para 2014, a fim de fortalece a militância a cada dia. O último encontro aconteceu em Gurupi e Dianópolis, no sábado, dia 06 e domingo, 07.

“O momento que o partido está vivendo é de muita união, com unidade nas discussões, no pensamento e com foco no benefício do nosso povo,  principalmente o povo mais carente do nosso estado. Os encontros realizados nas macrorregionais, ocasionou um rico debate no campo das ideias e mobilização da nossa militância.  Eu sinto que o meu coração bate igual ao coração de milhares de jovens, pais e mães de famílias, porque nós estamos sentindo o renovar das esperanças, estamos sentido o fortalecimento do processo de sonharmos juntos que é possível se criar algo diferente, que é possível se criar algo melhor para o nosso estado do Tocantins”, destacou Mourão.

Para o petista, o Tocantins não tem acompanhado o boom do desenvolvimento vivido pelo País nesses 10 anos de governo do Partido dos Trabalhadores. Desde que o PT assumiu o governo, em 2003, cerca de 40 milhões de pessoas ascenderam à classe média e mais de 19,4 milhões de novos empregos foram gerados. “Eu entendo que o Tocantins precisa justamente desta configuração, desta capacidade de gestão, e deste compromisso social que o Partido dos Trabalhadores demonstrou ao Brasil. É preciso que seja implantado no Tocantins um processo novo, um processo que dê a garantia ao cidadão de que ele é a nossa meta principal, e que a felicidade do povo tocantinense seja garantida no sentido promocional dos ganhos sociais. E o Partido dos Trabalhadores já demonstrou essa capacidade e esse compromisso da gestão qualificada, o compromisso com as políticas públicas indutoras ao processo do desenvolvimento garantindo o crescimento social”, disse o petista.

Ainda segundo Paulo Mourão, a reunião estendida do Diretório Estadual, marcada para os dias 13 e 14 de abril, em Palmas, que contará com a presença de lideranças e  militantes de todo o Estado, será um momento em que o Partido irá apresentar sua posição sobre a conjuntura política do Tocantins. “Após concluir essa etapa dos encontros macrorregionais, aguardamos toda a família petista para discutirmos um projeto unificado para o estado do Tocantins, de reconstrução desse estado, dos nossos sonhos, de revalorização das nossas esperanças, de reconstituição de um desejo de criarmos um estado que possa servir a tudo e para todos”.