Polí­tica

Foto: Divulgação

O deputado federal Leomar Quintanilha (PMDB) está sendo o agente unificador no PMDB. Ele iniciou uma série de contatos e visitas a lideranças do partido com o intuito de ajudar no processo de unificação partidária. Nesta segunda-feira, 15, ele visitou o prefeito de Paraíso e ex-governador Moisés Avelino.

A intenção, segundo ele afirmou ao Conexão Tocantins, foi se colocar à disposição para ajudar Avelino nos principais problemas da cidade mas o trabalho de ajuste partidário não ficou de fora do encontro. Quintanilha defende o nome de Avelino para o governo no próximo ano. “ O prefeito Avelino é um nome ideal para ser candidato a governador. Conhece o Estado, é admirado por muitos e com certeza é uma opção”, frisou.Avelino era deputado federal mas conseguiu se reeleger em 2010. Em 2012 disputou a Prefeitura de Paraíso do Tocantins e venceu a eleição.

Ele defendeu o nome de Avelino em razão dos mais cotados para serem candidatos, os ex-governadores Carlos Gaguim e Marcelo Miranda estarem atualmente inelegíveis conforme sentença do Tribunal Regional Eleitoral. Os advogados de defesa dos peemedebistas porém recorreram da decisão.

“Eu realmente tenho espírito conciliar acho que as disputas acabam não resolvendo nada e que é preciso pensarmos de forma mais global. O partito tem condição de lançar candidatura e se estruturar, porque o PMDB faz parte da história do Tocantins”, disse.

O nome de Quintanilha já é cotado internamente para ser candidato á presidência do PMDB no pleito que deve ocorrer este ano mas ele afirmou que por enquanto não tem esta pretensão. “Já fui presidente e atualmente não tenho essa pretensão”, revelou. A legenda ainda é presidida pelo deputado federal Júnior Coimbra.

Após varias divergências entre os grupos de Coimbra e dos ex-governadores a avaliação de Quintanilha é que o diálogo está aberto no PMDB e que o partido caminha para o entendimento tendo em vista o processo eleitoral do próximo ano para o governo.