Economia

Foto: Valério Zelaya

O prefeito Carlos Amastha reuniu-se nesta quinta feira, 9, com representantes da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes do Tocantins (Abrasel). Na oportunidade, foi discutida a importância do seguimento para Palmas e o oferecimento de serviços de qualidade para a população, através da capacitação dos profissionais do setor. “É o seguimento que vai alavancar o desenvolvimento da cidade”, enfatizou o prefeito.

Além do prefeito Amastha, compareceram à reunião o secretário de Desenvolvimento Econômico e Emprego, Luiz Carlos Borges da Silveira, o presidente da Agência de Turismo, Cristiano Rodrigues, a diretora de Turismo, Ana Rúbia, e o secretário extraordinário de Planejamento e Gestão, Paulo Assunção.  

De acordo com Amastha, a economia de Palmas por contingências especiais, como instalação da base Petrobrás de distribuição de combustível, vem se desenvolvendo, pois é, o local onde os novos moradores se instalam.  “Portanto, existe um mercado crescente para esse setor de bares e restaurantes que vai recepcionar essa gente e nós temos que saber explorar isso,” argumentou.

Quanto à qualificação dos profissionais do setor, Amastha, sugeriu que a Abrasel promova esse processo, buscando o apoio de todas as entidades que detêm esse conhecimento e com a união de todos os associados. “Vou sempre estar aberto a atender reivindicações das entidades de classe, pois é importante a organização da sociedade civil”, lembra o prefeito.

O estreitamento do relacionamento entre Prefeitura e Abrasel foi muito elogiado pelos associados. Para Paulo Teixeira, presidente da Abrasel, “essa parceria da Prefeitura veio em boa hora, pois vai fortalecer mais a entidade e seus associados”.

Outro representante da entidade, o diretor Val Campos, considera a atuação da Prefeitura de grande importância: “Assim como os empresários do setor devem gerir seus estabelecimentos para ter lucro, o prefeito Amastha tem essa visão que é preciso investimento em todos os setores, como turismo e cultura”.

Modelo- padrão

A questão dos espaços externos ocupados pelos donos de bares e restaurantes vai ser tratada em reunião que acontecerá no dia 4 de junho. De acordo com Amastha, neste dia será apresentado o modelo-padrão que vai ser implantado na Quadra 204 Sul.

A proposta traça a urbanização e adequação das passagens de pedestre, com estacionamentos nas áreas adjacentes aos prédios e condomínios e a adequação dos acessos a pedestres, localizados nos fundos das áreas de comércio na parte interna da quadra. (Secom Palmas)