Estado

Foto: Divulgação

O número de atividades do Núcleo Regional da Defensoria Pública em Araguaína apresentou crescimento expressivo nos últimos dois anos. No período, os registros de atividades nos 20 municípios integrantes da Regional dobraram, passando de 21.764 para 43.498, referentes aos anos de 2010 e 2012, respectivamente.

Até junho de 2013 o Núcleo já contabiliza mais de 13 mil atendimentos à população, que acrescido das demais atividades realizadas como ajuizamento de ações, interposições de recursos, atuação dos defensores públicos em audiências e sessões do Tribunal do Júri, resultam em 24.649 atividades só no primeiro semestre deste ano.

O que determinou a ampliação do número de atendimentos, segundo o defensor público e diretor do Núcleo Regional de Araguaína, Fabrício Silva Brito, é o fato da população ter aumentado e estar cada vez mais esclarecida sobre seus direitos. “Em resposta, o Estado do Tocantins tem uma Defensoria forte e efetivamente estruturada em todas as suas comarcas. Nos municípios que não são sedes da Defensoria Pública, o atendimento é levado pelo Projeto Defensoria Itinerante”, destacou o Defensor Público.

Em busca dos seus direitos, para solucionar um desacordo financeiro, Wellson Fontes da Silva, 19, auxiliar de serviços gerais, esteve na Defensoria em Araguaína. Segundo Silva, o conhecimento dos serviços gratuitos da Instituição foi por meio de uma palestra de um defensor público numa escola da cidade. “Primeiramente confiando em Deus, desejo que tudo seja resolvido pela Defensoria. Tentei negociar antes com a pessoa, mas como não houve consenso, este é o melhor caminho”, desabafou.

Bico do Papagaio


No Extremo-Norte do Estado, a Regional de Araguatins também teve um salto no número de pessoas que procuraram a Defensoria Pública. Em 2010, foram 4.422 atividades em benefício da população, já em 2012, 19.473 registros.

Os atendimentos prestados pelos Assistentes Sociais também se destacam. Em Tocantinópolis, até maio de 2013 o profissional da área realizou 1.197 estudos sociais, encaminhamentos à rede de serviços públicos disponíveis, entre outras funções da área. (Ascom Defensoria Pública)