Polí­tica

Foto: Divulgação

O vereador Emerson Coimbra (PMDB) usou a tribuna da Câmara Municipal de Palmas na sessão desta terça, 17, para defender o deputado federal Júnior Coimbra (PMDB) no Partido do Movimento Democrático Brasileiro no Tocantins. “Se ele está na frente desse partido é porque ele conseguiu isso nas urnas”.

Emerson afirma que o movimento que está acontecendo em Brasília, não é democrático e que estão tentando impor uma situação de todos os jeitos, sem que haja uma eleição para o diretório estadual que está marcada para 15 de outubro.

Para Emerson, o deputado Coimbra não teve que se preocupar com a composição dos candidatos que participaram das eleições de 2012. “Nós tínhamos chances reais de eleger 4 vereadores e o vice prefeito para a Capital. Deputado Júnior Coimbra fez uma atitude certa, porque ele pensa na sigla PMDB”, disse o vereador.

Para Emerson, a senadora Kátia Abreu (PSD) é bem vinda ao Partido, mas que é necessário um diálogo. “Não é justo através de influência nacional tentar impedir, tirar alguém que foi eleito por votos, argumentando que o deputado tem vinculo com o governo do Estado”. 

“Deixo a minha nota de repúdio contra essa chapa de Autênticos, pois todos eles que estão lá não apoiaram ninguém do PMDB da nossa Capital”, o vereador.