Polí­tica

Foto: Divulgação

O vereador Lúcio Campelo (PR) discordou nesta terça-feira, 24, da urgência da análise do Novo Código Tributário de Palmas.

“Recebemos uma solicitação da prefeitura para que  o código seja  votado em regime de urgência. Mas como vamos votar e aprovar um novo código sem ler o projeto? Por isto, solicito que ele seja encaminhado a Comissão de Constituição e Justiça para que possa ser estudado. Precisamos de tempo para votar. O Código Tributário é o coração e a receita mãe deste município”, disse.

Campelo afirmou ainda que os parlamentares precisam ter responsabilidade na votação. “A sociedade vai nos cobrar uma postura e precisamos ter responsabilidade. Não posso votar um projeto desse em 48 horas sem ler. Não queremos criar situação constrangedora com a gestão, mas abrir uma discussão. É o futuro de Palmas que está em jogo”, afirmou.

O vereador teve apoio dos parlamentares Junior Geo (PSB) e Iratã Abreu (PSD).