Polí­tica

Foto: Divulgação

O deputado estadual Stalin Bucar confirmou ao Conexão Tocantins que está com conversa adiantada para se filiar ao Partido da Solidariedade que deve ser comandado no Estado pelo presidente da Assembleia Legislativa, Sandoval Cardoso. “Estou estudando a possibilidade, o presidente do Solidariedade entrou em contato comigo”, disse. Ao citar o presidente do Solidariedade ele se referiu ao deputado Sandoval Cardoso.

O parlamentar, que sempre defendeu uma candidatura a Governo do senador João Ribeiro, disse que não tem certeza se ele será candidato e isso é o que pode levá-lo a sair da legenda. “ A questão é a  indefinição com relação a candidatura do senador João Ribeiro. Não temos certeza da candidatura dele”, frisou citando o tratamento de saúde delicado pelo qual o senador passou nos últimos meses.

Stalin negou que a aproximação de Ribeiro com o prefeito de Palmas, Carlos Amastha (PP) visando uma parceria para 2014 seja um dos motivos para sua saída da legenda. “ Não temos nenhum problema com o prefeito. Temos um certo respeito pelo trabalho que ele está desenvolvendo”, disse.

O deputado contou ainda que o secretário de Relações Institucionais, Eduardo Siqueira Campos ligou para ele o convidando para aderir e fazer parte de seu projeto político para 2014. “ Ele me convidou para seguir junto com o projeto dele mas não vejo problema nenhum”, salientou.

Stalin atualmente faz oposição ao governo na Assembleia e disse que não pretende mudar seu posicionamento de questionar o governo em determinadas situações mesmo ingressando na nova legenda que será da base do governo.

Outro deputado do PR que também analisa possibilidade de deixar o partido é Amélio Cayres. O Conexão Tocantins tentou ouvi-lo sobre o assunto mas não teve sucesso.