Palmas

Foto: Divulgação

Nesta próxima quinta-feira (07), o prefeito de Palmas, Carlos Amastha, e os membros do Comitê Gestor de Saneamento de Palmas, os secretários municipais Marcílio Ávila e Públio Borges e o presidente da Foz|Saneatins Mário Amaro, visitarão as obras da adutora de 10 quilômetros, na TO-010, que integrará os principais reservatórios e estações de tratamento de água da cidade, tornando o sistema de distribuição mais flexível e garantindo o abastecimento permanente para a população mesmo nos períodos de forte estiagem. Em dois meses de trabalho, as obras já registram um avanço de 80% e têm conclusão prevista para o final de dezembro.

Além da adutora, a Foz|Saneatins está ampliando a Estação de Tratamento de Água  ETA 06 – a maior da cidade, localizada nas margens do Ribeirão Taquaruçu, cuja capacidade passará de 500 litros por segundo para 700 litros por segundo. “A expansão de capacidade já prepara a estrutura para o crescimento de Palmas nos próximos anos”, explica Mário Amaro, diretor presidente da Foz|Saneatins. Na ETA 06 também estão sendo implantados dispositivos para tornar ainda mais eficiente o tratamento do lodo e dos demais resíduos gerados ao longo da produção de água potável. 

Palmas Cidade Azul

As obras e melhorias que estão sendo realizadas são fruto do conjunto de investimentos da Foz|Saneatins na capital, em parceria com a Prefeitura, que totaliza R$ 240 milhões, financiados pela Caixa através do Programa Saneamento para Todos do Governo Federal. Os recursos possibilitarão o aumento da capacidade e modernização dos sistemas de distribuição de água, que já atende 98% da população, além da expansão das redes de coleta e estações de tratamento de esgoto, ampliando o atendimento de 52% para mais de 80%, o que permitirá a universalização do acesso ainda em 2017. Isto significa a antecipação em 13 anos das metas estabelecidas pelo Plano Nacional de Saneamento, que adota como prazo o ano de 2030.

Além de orientar e acompanhar a aplicação dos investimentos e fiscalizar a prestação dos serviços de água e esgoto, cabe ao Comitê Gestor de Saneamento de Palmas - criado através do decreto municipal n° 583, de 18 de setembro - definir as obras complementares a serem executadas pela Foz|Saneatins dentro do programa de contrapartidas sociais. 

Visita às obras

A Prefeitura de Palmas e a Foz|Saneatins convidam a imprensa e interessados a acompanhar a visita às obras, saindo da sede Foz|Saneatins às 8h15, dessa quinta-feira (07), percorrendo no veículo da comitiva  as duas frentes de trabalho ao longo da TO e uma terceira frente de trabalho na ETA 06.