Estado

Foto: Divulgação

O presidente da Agência Municipal de Turismo (Agtur), Cristiano Rodrigues, recebeu em seu gabinete na manhã desta terça-feira, 19, guias profissionais da agência receptiva Tocantins Pesca Aventura (TPA), para debaterem sobre o grande potencial da pesca esportiva na região. Eles trataram ainda de temas como a piracema e o incentivo do poder público para a modalidade de turismo da pesca.

Na ocasião, Rodrigues ressaltou a importância do setor para o desenvolvimento turístico de Palmas e entorno. “A pesca esportiva é uma opção a mais para o nosso turista e o fomento do setor agrega valor aos nossos atrativos, principalmente porque não é um turismo de massa, além de ser uma prática que não agride a natureza”, disse, disponibilizando a Agência para parcerias na promoção deste segmento.

Tendo em vista que a atividade possui um produto já formatado, pronto para ser vendido para os turistas da pesca e de aventura, o presidente da Agtur garantiu que é de interesse da Prefeitura de Palmas a inserção do atrativo nas peças promocionais da cidade.

O presidente da TPA, Alex Silva, que está há 14 anos no mercado, afirmou que pratica a pesca esportiva em mais de 11 regiões do Estado, mas que 60% desta prática fica em Palmas e Lajeado. “Só no ano passado atendi 250 dias no ano. Atendemos grupos de turistas de diversas regiões do país e até do exterior. Temos equipe capacitada com três sócios e mais três guias tercerizados, que falam outras línguas para atender a todas as demandas”, relatou.

Como praticar a Pesca Esportiva

Silva ressalta que as excursões que disponibiliza variam desde um prazeroso final de semana com pescaria até uma viagem mais longa e complexa, integrando vários roteiros, como visitar as estruturas da Ilha do Bananal, a maior ilha fluvial do planeta. “Também conduzo os turistas aos imensos Lago de Palmas e Lago do Peixe, ambos no Estado do Tocantins”, destacou. (Secom Palmas)