Cursos & Concursos

Foto: Divulgação

Dezenove alunos participaram do Curso de Piscicultura em Tanque Rede realizado pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (SENAR), coordenado pela presidente do Sistema CNA/FAET, senadora Kátia Abreu.  A capacitação, que tem a duração de cinco dias, foi finalizada no domingo, 24, e aconteceu na sede da colônia de pescadores Z-33 de Xambioá, na qual os participantes são associados.   

Segundo o presidente da colônia, José Albino de Oliveira, o objetivo é implantar 80 tanques rede e passar a fornecer mais de 70 mil toneladas de peixe por ano, além da construção de um minifrigorífico para vender a carne branca já processada.  “Com certeza temos mercado para isso e o que estamos aprendendo vai ser fundamental para que o processo de criação e manejo com peixe seja um sucesso”. 

A intenção é profissionalizar os mais de 200 associados, que ainda praticam a pesca de forma convencional. Para isso, foram feitas novas solicitações do mesmo curso junto ao Senar. Oliveira conta que a colônia fornece peixe para diversas cidades do entorno, inclusive Araguaína. “Atualmente nós produzimos 35 mil quilos de peixe por ano, mas queremos aumentar, por isso estamos em busca de conhecimento”, disse o presidente.

O próximo curso de piscicultura em tanque rede na colônia começa nesta segunda-feira, 25. A capacitação faz parte do programa de Formação Profissional Rural e tem duração de cinco dias. Durante as aulas os participantes aprendem mais sobre o manejo do peixe, as ferramentas utilizadas para a criação em grande escala, a forma correta da alimentação dos alevinos, entre outros assuntos.