Polí­cia

Foto: Divulgação

A Polícia Federal cumpriu nesta última quarta-feira, 15, quatro mandados de prisão preventiva e um mandado de busca e apreensão contra uma quadrilha acusada de ser especializada em assaltos a agências dos correios no Estado. Foram apreendidos com os suspeitos uma moto, capacete e vestimentas utilizadas nos roubos.

Segundo investigações a quadrilha é responsável pelos seguintes assaltos a agências dos correios

- Dia 12/12/13 - São Valério da Natividade, onde foram subtraídos R$ 33.815,07.

- Dia 16/12/13 - Conceição do Tocantins, onde foram subtraídos R$ 1.796,81.

- Dia 18/12/13 – Figueirópolis, onde foram subtraídos R$ 11.913,24.

- Dia 26/12/13 – Peixe, onde houve a tentativa de assalto e nada foi subtraído.

As investigações continuam para verificar se o grupo participou de outros assaltos no Estado.

  Os assaltos aconteciam da seguinte forma

A quadrilha dividia-se em dois grupos, dois integrantes de um grupo entravam de capacete na agência escolhida e realizava o assalto, integrantes do outro grupo esperavam do lado de fora, observando toda movimentação, atentos para auxiliar na fuga e providenciar os instrumentos para realização do crime, como obtenção de armas e veículos.

  Penas

O crime de roubo está previsto no art. 157 do código penal e tem pena prevista de 4 a 10 anos de reclusão.

O crime de quadrilha está previsto no art. 288 do código penal e tem pena prevista de 1 a 3 anos.

Há aumento de pena em caso de uso de arma de fogo, restrição de liberdade e por concurso de mais de duas pessoas.

Por: Redação

Tags: Correios, Polícia, Polícia Federal