Cultura

Foto: Antônio Gonsalves

A Caçada da Boiúna realizada por bonecos gigantes promete agitar o Distrito de Taquaruçu neste sábado, 22, a partir das 17 horas, ocasião em que será aberto oficialmente o “Palmas Carnaval 2014”. Todo o evento carnavalesco de Taquaraçu é idealizado pela Aldeia TabokaGrande e conta com a parceria da Prefeitura de Palmas.

A ‘cobra boiúna’ representa a força feminina e as águas e sua caça partem da Praça Joaquim Maracaípe rumo à aldeia. Com isso, celebra-se o encontro com o ‘Galos de Palmas’, que simboliza a força masculina e a terra. Em seguida, dá-se início à Queima de Tambores que estabelece a relação dos bonecos e a comunidade num ritual de encontro na grande praça da Aldeia. No ritual há apresentação de canto e dança, fazendo alegoria ao equilíbrio entre terra e água, força feminina e força masculina.

A Roda dos Tambores apresenta o “capoeboicongo”, ritmo da Aldeia TabokaGrande. Todo ano a Roda apresenta convidados especiais. Nomes como Genésio Tocantins, Braguinha Barroso, Keren Apuque, Zé Lorim, Divino dos Teclados, Paraíba da Sanfona e banda Impacto Latino já passaram pela Roda. Este ano, o músico tocantinense Paulio Celé, um colaborador antigo do Galos,  integrante da banda Cipó de São João, será apresentado na Roda dos Tambores de “capoeboicongo” da Aldeia.

Misturando ritmos e expressões da cultura popular, Wertemberg Nunes, ator, produtor e turismólogo, vencedor do Prêmio Nacional de Cultura Popular – Mestre Duda. Criador da programação, ele conheceu o congo da Serra/ES, o Boi do Maranhão, o congo de Carmo do Cajuru/MG, que se integrou aos estudos com teatro de rua e dessa cultura popular em suas encenações surgiu o “capoeboicongo”.

Galos de Palmas

O espetáculo intitulado Galos de Palmas começou no Carnaval de 2001 com a criação do Carnaval Ecológico de Taquaruçu. O desfile do domingo da festa de momo se tornou a maior atração do distrito, representando elementos naturais da região nas manifestações da Aldeia com seus mitos e lendas. A programação começa um sábado antes do Carnaval, na queima dos tambores, um ritual de purificação e transformação e as atividades seguem até a quarta feira de cinzas.

Os Galos de Palmas é um bloco único de bonecos gigantes, representando Palmas. Cada galo tem uma trama que personifica regiões da cidade, e a identifica como mais importante para Palmas.

Durante 13 anos os bonecos saem às ruas com instrumentos artesanais produzidos a partir de elementos da região que conta a história da capital resultante das influências de tradições e transformações culturais de todo o País.

A Prefeitura Municipal de Palmas instituiu os Bonecos Gigantes como representação simbólica da Capital em 2013 que teve moção de aplausos da Assembleia Legislativa do Estado pelo destaque de o Galos e seu “capoeboicongo” arrastar muitas pessoas pelas ruas na Caçada da Boiuna.

Programação

Sábado, 22/02

17h - Concentração na Praça Maracaípe

Caçada da Boiúna - Bonecos gigantes procuram a Boiúna pelas ruas

18h - Queima dos Tambores - Na Aldeia TabokaGrande

Ritual da Queima de Tambores - purificação e transformação

19h - Ritual do Encontro do Galos e a Boiúna - convidados celebram harmonia festiva com apresentação da Banda TabokaGrande

20h - Rodas dos Tambores

“Capoeboicongo” e o melhor das raízes de boi, congo, xote, e baião, capoeira, com Banda TabokaGrande e Paulio Celé da banda Cipó de São João.

Domingo, 23/02

Local: Aldeia TabokaGrande 

18h - Bailado do Galos – Roda de danças das representações simbólicas do galos e cobaçu a beleza natural.

19h - Rodas dos Tambores

Apresentando “capoeboicongo” com Banda TabokaGrande e Paulio Celé da banda Cipó de São João.

Os Galos ficam montados na Aldeia e expostos para visitação, até a quarta-feira de cinzas. (Secom Palmas)

Por: Redação

Tags: Prefeitura de Palmas, Taquaruçu