Polí­cia

Foto: Divulgação

Uma ação conjunta realizada pelas Polícias Civil e Militar, na manhã desta quinta-feira, 13, na zona rural de Nova Olinda, resultou na morte de um suspeito de ter participado do assalto ao correspondente do Banco Bradesco, daquele município. O fato aconteceu no momento em que os policiais, que estavam de campana, realizavam uma varredura com intuito de localizar e prender os suspeitos pelo crime.

Ao serem abordados, os suspeitos reagiram e trocaram tiros com os policiais, momento em que um dos PMs foi alvejado no braço. Por meio de investigações, os policiais envolvidos na ação obtiveram a informação de que os acusados estariam se deslocando pela mata da região; nas proximidades do povoado "Garimpinho".

Com base nos levantamentos efetuados, o comando da 3º Companhia Independente de Polícia Militar, solicitou apoio a Delegacia Regional de Polícia Civil de Colinas, que de imediato, atendeu ao pedido bem como cedeu veículos e agentes, para auxiliar na operação.

Em seguida, os policiais se deslocaram até a região, onde possivelmente estariam os criminosos e permanecerem toda a noite. Em determinado momento, um homem não identificado, surgiu por trás de um dos agentes que participavam da operação, levantando uma arma tipo garrucha cano duplo, dando a entender que iria atentar contra a vida do Policial.

Os policiais que estavam nas proximidades, efetuaram disparos em sua direção com o intuito de evitar que o suspeito ceifasse a vida do policial, sendo que o referido indivíduo, após ser alvejado e contido foi imediatamente socorrido e encaminhado ao pronto atendimento de Nova Olinda.

No entanto, ao dar entrada na unidade de saúde, não resistiu aos ferimentos e veio a óbito. A pessoa alvejada foi reconhecida por testemunhas, como sendo um dos criminosos que participaram do assalto à casa lotérica no dia 11.02.2014. Além disto, a proprietária do comércio também reconheceu o jovem como sendo um dos autores de um outro assalto realizado no mesmo local, anteriormente.

Foi encontrada em poder do indivíduo, uma arma de fogo calibre 38, com duas munições intactas e no local, também foram apreendidas duas motocicletas marca Yamaha, modelo Fazer 250cc, sendo uma de cor preta e outra vermelha, além de um notebook e um capacete.

A Delegacia Estadual de Investigações Criminais – DEIC - Núcleo Norte, instaurou inquérito policial e está conduzindo às investigações com o objetivo de elucidar toda a ação criminosa.