Educação

Foto: Divulgação

Cerca de 12 mil estudantes das escolas da rede municipal de ensino da capital farão na última semana de março, dos dias 24 a 27, a primeira prova do ano do Sistema de Avaliação Educacional de Palmas (Saep). O Sistema de Avaliação do Município passa neste ano a analisar alunos das turmas de 3º, 4º e 8º anos do ensino fundamental, além das turmas de 5º e 9º anos que já participavam do Saep nos anos anteriores.

Ao todo, o Sistema de Avaliação Saep passa de um universo de 5 mil alunos para cerca de 12 mil alunos a serem avaliados de todas as unidades educacionais.As edições anteriores contemplavam 145 turmas e a partir deste ano esse contingente passa a ser de 375 turmas avaliadas. Outra novidade nas avaliações do Saep deste ano é a inclusão da disciplina de Ciências da Natureza e a avaliação da alfabetização.

O Saep é uma avaliação externa realizada desde 2012, pela Secretaria Municipal da Educação, com a finalidade de fornecer informações consistentes, periódicas e comparáveis sobre a situação da escolaridade na rede pública palmense, com o objetivo de orientar os gestores do ensino no monitoramento das políticas voltadas para a melhoria da qualidade educacional. A Diretoria de Avaliação, Estatística e Formação é o setor da Semed responsável pela elaboração, aplicação, correção, tabulação de dados, divulgação dos resultados e produção de relatórios técnico-pedagógicos, subsidiando as unidades educacionais na melhoria da aprendizagem.

Segundo a diretora de avaliação, estatística e formação, Marta Pacheco Ramos, o Saep, ao completar seus três anos de implantação no Município, tem proporcionado um grande ganho para a rede, pois tem permitido aos gestores escolares e demais agentes da educação detectar e realizar as devidas intervenções nos pontos mais frágeis da aprendizagem apontados nas avaliações, permitindo também um comparativo entre um processo e outro da avaliação, uma vez que esta tem um caráter diagnóstico, formativo e de rendimento.

Investimentos

Além da avaliação diagnóstica de 5º ao 9º anos do ensino fundamental aplicada no final de fevereiro e esta edição do Saep que acontecerá a partir da próxima segunda (24), as escolas também receberão no mês de abril o material de suporte - apostilas da alfabetização e de Língua Portuguesa, Matemática e Ciências da Natureza para as turmas avaliadas pelo Saep dos anos iniciais e finais. Através do portal do Saep na Internet as escolas também terão acesso a um banco de itens nos moldes da Prova Brasil/Saeb e avaliações online, visando fortalecer o processo ensino-aprendizagem.

A secretária municipal da educação, Berenice Barbosa, explica que o objetivo do Saep é acompanhar de perto o rendimento dos estudantes, detectando de maneira ágil as dificuldades de aprendizagem. “Os resultados apontam a eficiência e a qualidade do trabalho desenvolvido em cada unidade educacional, que serão aproveitados nas diversas instâncias do sistema de ensino. Com esse retrato, é possível, por exemplo, ajustar as práticas docentes à realidade dos estudantes e traçar políticas públicas de melhoria da Educação Básica”, afirma. (Secom Palmas)