Educação

Foto: Divulgação Os campi da Unitins serão criados nos municípios de Araguatins, Augustinópolis e Dianópolis Os campi da Unitins serão criados nos municípios de Araguatins, Augustinópolis e Dianópolis

A Comissão de Estudos para a Implantação dos novos Campi da Unitins está divididas em várias frentes de trabalho para solucionar demandas como infraestrutura, criação de cursos, projetos pedagógicos -  questões jurídicas, administrativas e financeiras - para ofertar ensino público e de qualidade aos tocantinenses nos três novos campi da Fundação Universidade do Tocantins (Unitins). Os campi serão criados nos municípios de Araguatins, Augustinópolis e Dianópolis. 

 Conforme o reitor da Unitins, Joaber Divino Macedo, a universidade já está elaborando os projetos pedagógicos dos cursos que serão ofertados. “Estamos trabalhando com a perspectiva de iniciar as aulas já no segundo semestre nos três novos campi”, informou.

 Conforme o reitor, a comissão já está em negociação para conseguir a infraestrutura necessária para criação dos campi. “Há uma frente de trabalho buscando adquirir a infraestrutura local para recepção desses cursos, já que são presenciais. Abrimos negociação e já temos garantia da Seduc [Secretaria de Estado da Educação] para utilizar estrutura de uma escola estadual na cidade de Araguatins; e também buscamos parcerias com as prefeituras de Dianópolis e Augustinópolis, sendo que a prefeitura de Dianópolis  já providenciou a criação de uma lei que cede as instalações da Faculdade Para o Desenvolvimento do Sudeste Tocantinense [Fades] para a Unitins”, adiantou.

 Criação de cursos

 Macedo relata que para a criação dos cursos estão sendo seguidas as diretrizes do governo federal. Tratam-se de cursos voltados para a formação de professores e com a garantia de que os cursos já existentes nas universidades que estão cedendo a estrutura física vão ser mantidos.  O reitor também explicou que a criação dos cursos nas áreas de saúde, como medicina, requer mais de tempo e negociação. “Estamos buscando apoio para garantir a infraestrutura necessária para abrigar os cursos. Reunimos-nos com o secretário executivo do Ministério da Educação [MEC], doutor Luiz Claudio, onde houve uma sinalização positiva para a criação do curso de medicina na Unitins e também em todas as universidades estaduais, com a finalidade de ampliar a oferta de vagas. Para isso, nós iremos caminhar junto com a Associação Brasileira dos Reitores da Universidades Estaduais e Municipais [Abruem] e através de grupo de trabalho iremos solicitar em bloco a criação dos cursos de medicina”, reforçou.

 A Lei nº 2.829, que cria campus da Fundação Universidade do Tocantins  em Araguatins, Augustinópolis e Dianópolis, no interior do Estado, foi publicada no Diário Oficial do Tocantins. A lei havia sido aprovada na Assembleia Legislativa na última quarta-feira, 26, e foi sancionada pelo Governador Siqueira Campos na quinta-feira, 27. (ATN)

Por: Redação

Tags: Joaber Divino Macedo, Unitins