Polí­tica

Foto: Divulgação

O presidente da Assembleia Legislativa do Tocantins, deputado Osíres Damaso afirmou ao Conexão Tocantins na manhã desta segunda=feira, 7, que defende que todos os cidadãos, independente de filiação partidária possam concorrer na eleição indireta que será realizada em 30 dias na Assembleia Legislativa.

“Acho que vamos regulamentar para que todo cidadão possa disputar, não só o Sandoval mas tem outros nomes nessa situação”, frisou. Ele contou que pretende reunir os deputados nesta terça-feira, 8, para a primeira discussão sobre o regulamento para as eleições indiretas. “ Pretendo discutir com todos os deputados dentro do prazo que temos para isso”, frisou.

Questionado se apoia o nome de Sandoval Cardoso para a disputa indireta ele foi cauteloso. “Defendo o nome que o grupo decidir e apoiar. Vou respeitar a decisão da maioria porque nossa responsabilidade é com o Tocantins”, frisou.

Há hipóteses de alguns juristas de que Sandoval não poderia concorrer em razão de ter menos de um ano de filiação no Solidariedade. A legislação eleitoral é clara com relação ao prazo de um ano de filiação para concorrer às eleições mas como é um pleito indireto os deputados devem abrir a disputa.

Em entrevista ao Conexão Tocantins na manhã de hoje Sandoval  disse que está ciente da responsabilidade com relação ao governo e falou de suas primeiras ações, uma delas é dialogar com os grevistas da Educação. “ Com relação á greve, já foi atendido alguns dos pleitos que motivava a greve, quero agora avaliar qual é o sentimento da greve e se necessário for continuar o diálogo. Tenho educação como uma prioridade”, disse.

Ele frisou que vai reunir o secretariado para ter uma radiografia do Estado e descartou mudanças em alguns cargos de imediato. “Uma etapa de cada vez”, frisou. Questionado se existe um acordo com o ex-governador Siqueira Campos para manter alguns auxiliares ele foi enfático: “Ele não me pediu absolutamente nada. Não sou uma pessoa que fujo as responsabilidades, a confiança com relação a minha pessoa é muito grande”, frisou.

Sobre sua pretensão de disputar a eleição indireta ele frisou: “Vou conversar bastante com meu grupo político para tomar uma decisão definitiva. Aconteceu uma oportunidade e nada me impede de finalizar o mandato”, disse.