Esporte

Foto: Lia Mara  Sandoval Cardoso garante que Estado está pronto para trabalhar em conjunto com a Prefeitura de Palmas Sandoval Cardoso garante que Estado está pronto para trabalhar em conjunto com a Prefeitura de Palmas

O governador interino, deputado Sandoval Cardoso (SD), garantiu, em telefonema com o ministro dos Esportes, Aldo Rebelo, que o Estado apoia a realização dos Jogos Mundiais do Povo Indígenas em Palmas. “Estamos prontos para trabalhar em conjunto com a Prefeitura de Palmas para que os Jogos Indígenas ocorram aqui no Tocantins”, destacou Sandoval Cardoso, ao falar com o ministro no início da tarde desta sexta-feira, 11.

Palmas é uma das cidades candidatas a sediar os jogos, que estão previstos para serem realizados em junho de 2015. A expectativa do Ministério do Esporte é que o evento reúna representantes indígenas de pelo menos 30 países, com cerca de 2.200 atletas. Além de Palmas, estão na disputa as cidades paraenses Belém e Marabá.

Conforme o governador interino, a realização dos jogos na Capital é uma chance de divulgar a cultura tocantinense e de movimentar a economia do Estado.

Também nesta sexta-feira, o coordenador-geral de Assuntos Indígenas do Ministério do Esporte, Rivelino Pereira de Souza, em entrevista à Agência Tocantinense de Notícias, elogiou os projetos técnicos de Palmas e Belém, que, segundo ele, são muito bem detalhados e estruturantes. “Os projetos de Palmas e Belém são muito bons e, inclusive, estruturantes”, destacou.

A decisão da cidade que irá sediar o evento deve ocorrer na próxima quarta-feira, 23 de abril.

Modalidades

Conforme Rivelino de Souza, as modalidades que vão fazer parte dos jogos ainda estão em estudos, inclusive com as suas regras, já que os demais países precisam ser comunicados.

Nos Jogos Indígenas nacionais são dez modalidades de competição: arco e flecha; corrida de fundo; arremesso de lança; corrida de tora; cabo de força; futebol masculino; canoagem; futebol feminino; corrida de 100 metros e natação/travessia.