Polí­cia

Foto: Divulgação

Presos da CPP de Palmas rebelaram-se na manhã desta quarta-feira, 07, em Palmas, segundo informações extraoficiais de um agente da Segurança Pública. O agente informou ao Conexão Tocantins que os presos iniciaram o motim reclamando entre outras coisas da superlotação no presídio.

Segundo o agente, tudo começou durante revista de rotina, revista nas celas. Segundo ele, no primeiro pavilhão durante revista foi tranquilo, porém ao revistarem o pavilhão B, um preso teria se rebelado, sendo assim, tirado do meio dos outros para não gerar mais confusão.

O agente conta que ao tirarem o preso do meio dos outros, os demais presos resolveram iniciar um motim e nesse momento, segundo o agente, estão na cela de banho de sol, hostilizando a polícia. “Tem agente tentando negociar para ver se eles retornam as celas, mas eles não estão querendo, estão reclamando de cadeia cheia”, informou.

Defesa Social

A assessoria de imprensa da Secretaria Estadual de Defesa Social informou ao Conexão Tocantins que foi solicitado reforço policial para que, na manhã desta quarta-feira, iniciasse revista geral nas celas. Informou ainda que não houve e até agora não há sinal de nenhuma rebelião.

Ainda segundo a Defesa Social, a revista geral é rotineira, tirando de pavilhão em pavilhão os presos das celas e retornando com os mesmos após revista. O procedimento está em andamento, segundo a pasta. (Atualizada às 09h50)