Polí­tica

Foto: Divulgação

O governador Sandoval Cardoso (SD)  afirmou em entrevista ao Conexão Tocantins nesta segunda-feira, 12, que está ainda fazendo um levantamento de cada pasta para saber a situação de cada setor do Estado. Ele foi claro ao explicar que não fará uma reforma administrativa geral. “ Não vou fazer isso, o que eu achar que precisa mudar vou mudar”, explicou. Desde que assumiu efetivamente na semana passada, do primeiro escalão ele trocou apenas o secretário de Planejamento que atualmente é Joaquim Junior.

Sandoval explicou que esta semana aguarda a liberação de vários recursos para obras dentre elas a do Hospital Regional de Gurupi. “ Teremos a liberação de mais de R$ 260 mi para obras de infraestrutura e R$ 20 mi para o Hospital de Gurupi”, frisou. Sobre o atraso nas obras do Hospital o governador disse que a demora foi por questões burocráticas que já estão sendo resolvidas. “Temos obras no estado inteiro”, disse.

O governador elencou como principal desafio até o momento entender a frustração de receitas  para custeio da máquina em razão da redução do Fundo de Participação dos Estados – FPE. “ Quero entender as frustrações do FPE e nos adequar ás solicitações porque a divisão por parte do governo federal é injusta. Todo mês falta dinheiro”, disse.

Sandoval explicou que falta dinheiro para custeio da máquina e despesa principais, inclusive com servidores, mas frisou que o Estado tem recursos para investimentos.

Política

Sandoval, que é presidente do Solidariedade, negou desavenças internas na legenda mesmo com as sinalizações de insatisfações por parte do senador da legenda, Vicentinho Alves, “ Não tem aresta nenhuma para ser aparada. O partido está unido e não temos nenhuma dificuldade. Onde a maioria estiver é onde o partido vai estar”, alfinetou. Vicentinho tem buscado conversas com a oposição.

O governador foi questionado ainda sobre a relação política com a senadora Katia Abreu e sobre o recente episódio durante a vinda do Pelé na Agrotins quando ele chegou a ser barrado por um segurança do ídolo ao entrar na sala de autoridades. “ Não conversei nada politicamente com ela. Cada um tem sua maneira de agir e não quero comentar esse episodio da Agrotins”, frisou.