Estado

Foto: Divulgação  Secretário de Planejamento e Modernização da Gestão, William Soares Ferreira Secretário de Planejamento e Modernização da Gestão, William Soares Ferreira

O salário dos professores do município de Pedro Afonso foi reajustado em 8,32%, de maneira retroativa ao dia 1º de maio, data-base da categoria.

Segundo o secretário municipal de Planejamento e Modernização da Gestão, William Soares Ferreira, o percentual foi definido em comum acordo entre a classe e a Prefeitura de Pedro Afonso, de modo a cumprir a lei 11.738/2008 – que estabelece o piso nacional dos professores – sem desrespeitar a lei de responsabilidade fiscal, que determina um limite máximo de 54% do orçamento destinado aos vencimentos de servidores municipais.

“Esse reajuste foi discutido de uma maneira ordenada, entre uma comissão dos professores, o prefeito e a secretaria de Educação. O sindicato dos professores e a secretaria tiveram o discernimento e a sabedoria necessários para chegar a um patamar que não comprometa o orçamento, dentro de um planejamento estratégico, para que não ultrapasse o limite prudencial de gastos do executivo”, explica o secretário.

Segundo William, o prefeito Jairo Mariano também determinou que seja realizado um estudo, para definir os reajustes a serem aplicados aos servidores do quadro geral do município e aos servidores da saúde. “Além dos servidores da Educação, nós estaremos contemplando também outros servidores da municipalidade. Será realizado um estudo, dentro dos limites que a folha possui, analisando os impactos que o reajuste pode causar, e dentro do que permite a legislação”, informou.